Declaração

“Genocida é quem desviou o dinheiro da saúde”, afirma a ministra Damares Alves

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos criticou a forma como a oposição tem desenhado a atuação do Governo Bolsonaro durante a pandemia.

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves criticou a forma como a oposição tem desenhado a atuação do Governo Federal durante a pandemia. “O coronavírus não é culpa de Bolsonaro, quem está matando é o vírus”, disse. “Genocida é quem desviou o dinheiro da saúde”, continuou.

“Como a gente está em pandemia pagando auxílio emergencial para 70 milhões de brasileiros, enviando dinheiro para hospital, para prefeito, para governador, sem interromper nenhuma obra. Isto é gestão, é combate a corrupção”, enfatizou Damares, ao Blog do Alberes Xavier.

Veja mais:
>>>Em carta, blogueiro bolsonarista declara guerra à ministra Damares Alves

A Ministra revelou que tem procurado seguir a determinação do Presidente Bolsonaro. “Nada de ficar trancado em gabinetes criando normas, portarias, políticas públicas”.

Seguindo essa orientação, os trabalhos são realizados em campo diretamente nos municípios. “Eu sou uma ministra que atende o vereador, o secretário municipal, que é quem está lá, que sabe o que acontece lá na ponta”, ressaltou.

“Nada de ficar trancado em gabinetes criando normas, portarias, políticas públicas”. Seguindo essa orientação, os trabalhos são realizados em campo diretamente nos municípios. “Eu sou uma ministra que atende o vereador, o secretário municipal, que é quem está lá, que sabe o que acontece lá na ponta”, ressaltou.

Idosos

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, disse ao abrir o seminário sobre o “Dia Internacional de Conscientização contra Violência contra Pessoa Idosa”, no mês passado,  na Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da Câmara dos Deputados, que o Brasil está caminhando para dar um basta na violência contra os idosos, seja qual for a violência ocorrida em todo o país.

“O envolvimento com os idosos deve estar na pauta de todos os dias nas tribunas do Senado e da Câmara Federal. Não dá mais para suportar o que temos visto em termos de violência contra os idosos no Brasil. Os agressores estão sendo cada vez mais criativos, teremos que nos adequar”, disse a ministra.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal