Relação

Saiba quem são os quatro vereadores e cinco secretários afastados em Itapissuma por suspeita de irregularidades

O site Portal de Prefeitura teve a informação dos nomes que não foram revelados durante deflagração da segunda fase da Operação Dragão do Mar.

Um dia após a segunda fase da Operação Dragão do Mar deflagrada pela Polícia Civil, na terça-feira, 29 de junho, que apura crimes como corrupção e fraude em licitação e pagamentos indevidos de R$ 11 milhões através de programa social, o site Portal de Prefeitura revela os nomes dos quatro vereadores e cinco secretários afastados por determinação da Justiça.

Nesta quarta-feira, 30 de junho, o presidente da Câmara Municipal GG de Antônio, iniciou a sessão solene e deu posse aos suplentes que assumem as vagas assim como a vice-prefeita Zezé (PV) que assume a prefeitura interinamente, uma vez que o prefeito Zé de Irmã Têca (PSD) foi afastado.

Os quatro dos 11 vereadores afastados do município são Irmã Elionilda (MDB), Tonho de Dedé (MDB), Guel do Grêmio (PSD) e Irmão Nivaldo (PSD).

No lugar do vereador Tonho de Dedé, assume EdJane Tavares dos Santos, conhecida como Irmã Jane (MDB); para a vaga de Irmã Elionilda, assume Paulo Roberto da Costa Lima (MDB); Elias Nascimento dos Santos, popularmente chamado por Elias da Guarda (PSD), preenche o lugar do vereador Guel do Grêmio e por fim Irmão Nivaldo cede a vez para Francisco Lopes Cordeiro, chamado de Chico de Dinga (PSD).

Leia também:
>>>Prefeito de cidade do Grande Recife, quatro vereadores e cinco secretários são afastados do cargo por suspeita de irregularidades, saiba quem são

Secretariado

Saiba com exclusividade pelo Portal quem são os cinco secretários que estão afastados do cargo em decorrência da ação policial que também impediu as funções do prefeito da cidade Zé de Irmã Têca (PSD). 

Estão impossibilitados de atuar a secretária de Assistência Social de Ediene Maria Tenório Santos, o secretário de Governo Jean Carlos, a responsável pela Comissão Permanente de Licitações (CPL),
Andréa Cristina, o secretário Distrital de Mangabeira José Antônio e Hugo Leonardo pela Ouvidoria da cidade.

Além dos quatro vereadores, cinco secretários, três membros da comissão de licitação, mais outros servidores, totalizam 24 mandados de suspensão do exercício de cargos, empregos ou funções públicas por 180 dias. Foram apreendidos documentos, celulares, computadores e ao menos R$ 19 mil em dinheiro.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal