Candidatura

Pedro Campos, irmão do prefeito do Recife, analisa se disputa vaga de deputado estadual ou federal no próximo ano

Pedro é o terceiro dos cinco filhos do ex-governador Eduardo Campos. Se de fato decidir disputar, será sua estreia nas urnas.

Após defender o nome da atual presidente do Tribunal de Contas da União, ministra Ana Arraes,  para a disputar a vaga de senadora pela Frente Popular de Pernambuco nas eleições do próximo ano, o líder do governo Paulo Câmara na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Isaltino Nascimento (PSB), afirmou nesta quarta-feira, 30 de junho, que Pedro Campos, irmão do prefeito do Recife, João Campos (PSB), está analisando se concorrerá a uma vaga de deputado estadual ou de deputado federal em 2022.

Pedro é o terceiro dos cinco filhos do ex-governador Eduardo Campos, e neto de Ana Arraes.

Segundo o parlamentar, uma das principais metas do PSB para 2022 é aumentar a representatividade do grupo na Alepe, na Câmara e também no Senado. Garantiu também que até aproximadamente março, tanto o futuro de Pedro Campos e do próprio governador Paulo Câmara serão definidos, alegando que ainda há bastante tempo para que eles possam decidir o que farão.

Veja também:
>>>Líder do governo PSB na Alepe defende nome de Ana Arraes, mãe de Eduardo Campos, para o Senado 

“A nossa meta é manter ou ampliar nosso espaço na Câmara Federal, eleger um senador do grupo
político do qual fazemos parte, eleger o governador e o vice-governador, bem como uma bancada
federal. Essa questão de Pedro Campos ou do próprio governador Paulo Câmara nós teremos mais
tempo para decidir, até março do próximo ano eles vão decidir isso. O governador se continua na
gestão até o fim de 2022 ou se vai se desincompatibilizar para disputar algum mandato eletivo. Do
mesmo modo Pedro Campos ainda está analisando, há uma tendência que ele possa contribuir
tanto na bancada estadual como na bancada federal”, explicou o socialista à Rádio Clube.

Histórico nas urnas

Se de fato o irmão do prefeito João Campos decidir disputar, será sua estreia eleitoral. Apesar
de ser um estreante nas urnas, é possível que, pela tradição da sua família na política, ele tenha uma
votação expressiva no próximo ano.

Quando João Campos, em 2018, concorreu à Câmara Federal no seu primeiro pleito, o hoje prefeito foi o mais votado de Pernambuco, com 460.387 votos. Antes dele, Miguel Arraes, seu bisavô, e Ana Arraes, sua avó, também foram eleitos para o Parlamento com grande apoio do eleitorado, já a prima de João e Pedro, a deputada federal Marília Arraes (PT) também chegou à Câmara como uma das mais votadas de Pernambuco em 2018, tendo conquistado 193.108 votos.

Geraldo Júlio

O líder Isaltino Nascimento também confirmou, ao conversar com o Portal de Prefeitura, o nome do ex-prefeito do Recife, Geraldo Júlio, atual Secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.

“Geraldo Júlio é o candidato a governador, Paulo Câmara eu penso que continua na vida pública,  não tenho como te dizer qual o cargo, mas acho pouco provável que seja o Senado”, disse Isaltino Nascimento.

Paulo Câmara

Para que Paulo Câmara possa disputar um cargo eletivo em 2022,  terá, de acordo com a
legislação eleitoral em vigor, que deixar o Palácio do Campo das Princesas até abril. Caso isso
ocorra, o governo estadual terá a terceira governadora da sua história, Luciana Santos (PCdoB). A
primeira mulher a ocupar o posto foi Brites de Albuquerque, esposa de Duarte Coelho, e a segunda
foi Maria Margarida de Castro e Albuquerque, herdeira da capitania por ser descendente de Duarte
Coelho e Brites de Albuquerque.

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal