Solenidade

Cerimônia oficializa reforço da segurança de Petrolina com 42 novos guardas civis

A nova turma reforçará as ações da corporação para proteção do patrimônio público e na segurança dos petrolinenses.

Referência no Nordeste em segurança municipal, a Guarda Civil de Petrolina entrou em uma nova etapa. Na segunda-feira, 28 de junho, o prefeito Miguel Coelho comandou uma cerimônia no Parque Josepha Coelho para a posse de 42 agentes aprovados em concurso público.

A nova turma reforçará as ações da corporação para proteção do patrimônio público e na segurança dos petrolinenses.

Com a posse dos 42 agentes, a Guarda Civil de Petrolina passa a contar com 157 mulheres e homens, um acréscimo de 36% no efetivo. A nova turma atuará no combate à criminalidade; fiscalização na orla, Centro, de prédios públicos; na Patrulha da Mulher entre outras atividades.

Na saudação aos novos agentes, o prefeito Miguel Coelho falou sobre os avanços que a corporação atravessou nos últimos anos. A corporação, em 2016, tinha apenas 7 veículos e sofria com falta de armamento, equipamentos de proteção e até de fardamento.

“Não adiantaria colocar novos guardas sem dar estrutura. Fizemos uma grande reestruturação da ‘Força Azul’ porque é uma instituição essencial. O maior patrimônio de Petrolina é sua gente e os novos guardas, agora, tem o dever de zelar pela vida das pessoas”, resumiu o prefeito.

A cerimônia foi acompanhada pelo deputado estadual Antonio Coelho, o vice-prefeito Simão Durando, vereadores e secretários municipais. Familiares e amigos dos 42 novos guardas civis também assistiram à formação.

Leia mais:
>>> Prefeitura convoca 40 aprovados no Concurso Público da Guarda Civil Municipal de Petrolina

Verba para combustível

A Câmara Municipal de Petrolina aprovou, no último dia 23 de junho, o projeto de lei 120/21, de autoria do vereador e atual presidente da Mesa Diretora, Aero Cruz (MDB), que aumento o subsídio do combustível destinado aos veículos dos gabinetes dos vereadores.

Com isso, a verba passa de R$ 2 mil para 3 mil. O vereador Gilmar Santos (PT) se voltou contra a proposta e solicitou a retirada do PL, mas não teve o pedido atendido.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal