Mudança

Bolsonaro assina decreto prorrogando alistamento militar; confira a nova data e os documentos necessários

Decreto foi publicado nesta terça-feira (29) no Diário Oficial da União.

O presidente Jair Bolsonaro assinou decreto prorrogando até 31 de agosto o prazo para alistamento militar este ano. O prazo final original era na quarta-feira (30). No caso de brasileiros naturalizados ou por opção, o prazo para apresentação obrigatória para o alistamento será de 60 dias, informou, em nota, o Ministério da Defesa.Bolsonaro, Bolsonaro assina decreto prorrogando alistamento militar; confira a nova data e os documentos necessáriosBolsonaro, Bolsonaro assina decreto prorrogando alistamento militar; confira a nova data e os documentos necessários

De acordo com o ministério, a medida é necessária “considerando que, em função da pandemia da covid-19, vários municípios seguem com suspensão de atendimento ao público nas juntas de Serviço Militar”.

Ver mais:

>> Prazo para alistamento militar já está aberto

A pasta disse que a suspensão no atendimento público dificulta o alistamento de diversos jovens carentes que não possuem acesso à plataforma digital.

“Prorrogação semelhante foi feita no ano passado, trazendo benefícios aos conscritos e garantindo a qualidade da seleção geral”, disse o ministério.

Alistamento militar 2020 também será feito pela internet

Mais de um milhão e meio de jovens brasileiros nascidos em 2002 devem fazer o alistamento militar deste ano. Para agilizar o processo, o Ministério da Defesa do Governo Bolsonaro vem desenvolvendo e aprimorando o Alistamento Militar Online.

A ferramenta alcança cerca de 75% dos homens que devem prestar o serviço.

Os jovens nascidos em 2002 têm até o dia 30 de junho para fazer o alistamento. Para isso, devem acessar o Alistamento Militar Online. Também é possível fazer o alistamento por meio do aplicativo Exército Brasileiro, disponível para Android e iOS. Ou, ainda, comparecendo à Junta de Serviço Militar mais próxima.

É necessário ter em mãos a certidão de nascimento, um documento oficial com foto, comprovante de residência e CPF. Para pessoas com deficiência, também é necessário apresentar parecer médico sobre a deficiência (deve constar o CRM do médico).

Brasileiros no exterior

Cerca de 3 mil jovens que devem prestar o serviço militar este ano têm residência fora do Brasil. Neste caso, eles devem procurar pessoalmente o consulado brasileiro mais próximo para fazer o alistamento.

E se eu perder o prazo do alistamento?

Os homens que não se alistarem no prazo estarão em débito com o serviço militar, ficando impedidos de prestar concurso público, tirar passaporte, ser matriculado em universidade, entre outras dificuldades, como multa de aproximadamente R$  4,50, que é corrigida trimestralmente pelo IPCA-E (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial). Até mesmo se o jovem ganhar na Loteria (como a Megasena), não poderá retirar o prêmio.

Da redação do Portal com informações da Agência Brasil

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal