Apoio

Pastor Cleiton Collins visita escola que rebateu campanha LGBTQIA+ da Burger King envolvendo crianças e presta solidariedade a instituição

Deputado disse que a rede de fast food passou dos limites e desrespeitou o Estatuto da Criança e do Adolescente.

O deputado estadual, pastor Cleiton Collins (PP), realizou uma visita nesta segunda-feira, 28 de junho, a escola particular Eccoprime Bilingual School, localizada em Camaragibe, no Grande Recife. O pastor Cleiton Collins prestou solidariedade a instituição, que se posicional contra a campanha da Burger King, em que usa crianças para “ensinar” aos adultos o que é a comunidade LGBTQIA+. 

Para o deputado, que compõe a bancada cristã da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), a rede de fast food passou dos limites e desrespeitou o Estatuto da Criança e do Adolescente ao divulgar a campanha publicitária.

“Quem tem que ser processado é a  Burger King por infringir a Lei mais perfeita do Brasil, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). É papel da escola preservar a imagem das crianças, a rede de fast food saiu dos limites. Vamos sempre ficar lado das nossas crianças e da lei”, argumentou o pastor Cleiton Collins. 

Veja mais:
>>>Escola de PE rebate campanha LGBTQIA+ da Burger King: “Nossas crianças estão sob ataque”
>>>Lideres religiosos convocam boicote à Burger King após publicidade LGBT envolvendo crianças

A escola postou em suas redes sociais uma nota oficial sobre o assunto, após receber críticas dos internautas e afirmou que “amar não é concordar, discordar não é odiar”.

“Agradecemos todo apoio que temos recebido nestes últimos dias e por quem está orando por nossa escola”, diz a nota.

Nas redes sociais a escola rebate a campanha da rede de fast food, afirmando que as crianças “estão sendo atacadas” e que a peça publicitária é uma “seta inflamada do inimigo”. A unidade de ensino pediu a atenção das famílias cristãs para “defender nossos filhos”.

“Este é apenas um dos muitos ataques que eles enfrentam todos os dias, sem antes estarem preparados. Nós, como pais, precisamos defender os nossos filhos e nos posicionar”, disse a escola em um trecho da publicação.

Confira: 

A Frente Parlamentar Evangélica no Congresso Nacional também se posicionou contra à campanha do Burger King Brasil e diz que a empresa “utiliza da imagem, da inocência e da ingenuidade de nossas crianças para agredir valores bíblicos e eternos, com o intuito de confundir famílias”.

“A referida empresa propõe, ao agredir os princípios bíblicos e diferenças fisiológicas naturais, criar uma nova formatação familiar que afronta a Bíblia Sagrada. Procura assim, fazer com que o homem e a mulher não se diferenciem mais pelo sexo, mas sim pelo gênero. Trata-se de uma tentativa covarde para corromper as famílias, confundir pais e interferir na formação de menores, atacando princípios morais e éticos que devem ser preservados”, diz o documento.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal