Atitude

Trabalhadores fazem ‘L’ de Lula em foto com presidente Bolsonaro durante visita em obra da barragem Oiticica no Rio Grande do Norte

A imagem dos quatro operários erguendo uma das mãos para cima formando um 'L', chamou atenção e repercutiu nas redes sociais.

O presidente Jair Bolsonaro posou para um uma foto com trabalhadores da obra da Barragem de Oiticica nesta quinta-feira, 24 de junho (Dia de São João), localizada no município de Jucurutu, no Rio Grande do Norte. Um gesto de quatro operários ao levantar uma das mãos para cima formando um ‘L’, chamou atenção na imagem e repercutiu nas redes sociais. 

A iniciativa logo foi percebida como uma demonstração de apoio ao ex-presidente Lula em especial por se tratar da região Nordeste do Brasil.

Leia também:
>>> Governo Federal libera mais R$ 38,2 milhões para obras da Barragem de Oiticica (RN)

A visitado chefe do Executivo Nacional foi para anunciar um repasse de mais R$ 38,2 milhões para a conclusão das atividades. O evento contou com a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Durante a cerimônia de liberação de recursos, o presidente Jair Bolsonaro destacou que o Brasil tem diferenciais que contribuem para o desenvolvimento do País.

“Temos uma terra abençoada. Até aqui, onde pouco chove, com obras, trabalho e honestidade, faremos com que a região produza muito mais. Ninguém tem terras agricultáveis como nós, ninguém tem tanta água doce como nós”, afirmou.

A Barragem de Oiticica vai receber as águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Até o momento, a infraestrutura tem 90,81% de execução e deve estar totalmente concluída até dezembro de 2021. As obras são de responsabilidade do estado, com apoio financeiro da União, por meio do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs). O investimento total é de R$ 657,2 milhões, sendo R$ 638,2 milhões do Governo Federal. Desde 2019, foram repassados R$ 291,6 milhões para o empreendimento – cerca de 45,7% do valor total.

Quando concluída, a barragem vai atender 330 mil pessoas de oito cidades potiguares: Jucuturu, Caicó, Timbaúba dos Batistas, São Fernando, Jardins de Piranha, Cruzeta, São José do Seridó e São José do Sabugi.

“Agora, o Rio Grande do Norte passa a ter, nas portas do Seridó, um pulmão para oxigenar as cidades de toda a região que sofrem com o fornecimento de água intermitente nas suas torneiras, que não têm possibilidade de atrair indústrias em maior condição e não conseguem melhorar o seu comércio”, destacou o ministro Rogério Marinho.

Da redação do Portal com informações do Ministério do Desenvolvimento Regional.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal