Opção

“Geraldo Julio é o melhor nome para disputar o Governo de Pernambuco”, diz presidente do PSB-PE

Sileno Guedes disse que é cedo para definições, mas afirmou que o nome de Geraldo Julio é o mais consolidado para o pleito.

Presidente estadual do PSB, Sileno Guedes concedeu, na manhã desta quarta-feira, entrevista à radio CBN Caruaru e enalteceu o nome do ex-prefeito do Recife, Geraldo Julio, para a disputa de governador em 2022.

O atual secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco é o mais cotado para ser o candidato do PSB, embora tenha negado.

“O melhor nome, o melhor quadro, o nome da militância do PSB, o que consegue reunir a política da Frente Popular é o nome de Geraldo. Mas isso será colocado no momento certo. Ainda vamos conhecer como vai ficar a legislação eleitoral para vagas de deputados federais e estaduais”, afirmou.

Ver mais:

>> Geraldo Julio reafirma decisão de não disputar cargo de governador de Pernambuco no próximo ano

De acordo com o jornal “Folha de Pernambuco”, o governador Paulo Câmara (PSB) afirmou ao colunista Edmar Lyra que o candidato do PSB a governador em 2022 é Geraldo Julio.

“Agora é momento de resolver a questão das pessoas do Estado e é isso que norteia o pensamento do ex-prefeito Geraldo Julio”, disse. “Geraldo será a nossa carta para discutir a sucessão da Frente Popular”, completou Sileno.

Sileno ainda foi questionado sobre o diálogo com partidos de esquerda em nível nacional, sobretudo a relação entre PT, PSB e PDT.

“Ano que não tem eleição é ano do diálogo. É o que o PSB está fazendo. A nossa relação no Brasil e, principalmente aqui, com o PDT é uma relação histórica, de muita parceria. Agora é inegável, diante do projeto nacional, a liderança que o presidente Lula exerce entre as demais forças da esquerda. É importante que os partidos se unam para construir uma eleição que todos nós queremos, de mudar o rumo do Brasil”, disse.

PSB filia Flávio Dino e Marcelo Freixo

O governador do Maranhão, Flávio Dino, e o deputado federal Marcelo Freixo (RJ) tornaram oficial na última terça-feira, 22 de junho, suas filiações ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), em movimentos que têm como alvo as eleições de 2022. Dino deixou o PCdoB, partido pelo qual conquistou duas eleições ao governo do Maranhão, e Freixo saiu do PSOL, onde construiu sua carreira política. 

Durante a cerimônia de filiação, o presidente do PSB, Carlos Siqueira, deixou clara a pretensão da legenda em funcionar como um aglutinador de diferentes projetos políticos. “Precisamos ir muito além da esquerda”, disse Siqueira.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal