Investimento

Itapissuma inaugura o primeiro Cemitério Ecológico público de Pernambuco e amplia vagas para sepultamentos na cidade

A infraestrutura possui capacidade para receber 40 corpos e tratar mais de mil por meio de uma base de energia e um centro de informática que realiza todo processo.

Itapissuma inaugurou na segunda-feira, 22 de junho, o cemitério Ecológico do município que vai funcionar no cemitério de Nossa Senhora da Conceição. De acordo com o prefeito Zé de Irmã Têca (PSD), é o primeiro cemitério Ecológico público de Pernambuco. 

“Não era uma coisa que queríamos estar inaugurando, mas é uma necessidade,” disse o prefeito de Itapissuma em pronunciamento nas redes sociais.

O cemitério Ecológico funciona como uma estação de tratamento ligada a uma base de energia e um centro de informática que monitora os corpos tratados e elimina o chorume, os gases poluentes que são produzidos com a decomposição e retorna para natureza em forma de hidrogênio. A novidade possui capacidade para receber 40 corpos e tratar mais de dois mil.

Esse tipo de cemitério vai possibilitar que os restos mortais de vítimas de Covid-19 sejam devolvidos aos familiares, uma vez que os protocolos atuais das autoridades sanitárias recomendam que os mortos pelo vírus não podem ser desenterrados. Com o cemitério ecológico as famílias que tiverem seus entes queridos, seus amigos enterrados por Coronavírus, neste cemitério Ecológico vão ter a oportunidade de receber de volta os restos mortais para colocar em catacumbas ou túmulos.

“Seguimos avançando, cuidando da nossa cidade, para principalmente diminuir os efeitos perversos aos quais essa pandemia nos submeteu”, destacou o prefeito Zé.

O novo cemitério já recebeu na tarde de ontem (21/06) dois corpos de pessoas vítimas da Covid-19.

A procuradoria do município esteve a frente de todo o processo garantindo a legalidade diante da licitação. Estiveram envolvidas as secretarias de Obras e de Meio Ambiente na instalação do equipamento. 

Assista o vídeo do prefeito na íntegra:

Leia também:
>>> Itapissuma proíbe fogueiras, palhoções e queima de fogos durante período junino

Vacinação contra Covid-19

Itapissuma segue avançando na imunização das pessoas contra a Covid-19 e atualmente cumpre a faixa etária de pessoas com 45 anos de idade sem comorbidades. As secretarias de educação e saúde informaram que desde o dia 21 de junho, teve  início a vacinação do grupo que compõe a faixa etária a partir dos 25 anos. É preciso comprovar que se encaixa no grupo de profissionais de Educação

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal