Imunizante

Butantan entrega mais 2,2 milhões de doses de vacina contra a covid-19

Com esse lote, o Instituto alcança a marca de 52,2 milhões de doses entregues desde janeiro. A previsão é que até o final de setembro o instituto tenha disponibilizado 100 milhões de doses da vacina ao PNI.

O Instituto Butantan fez nesta sexta-feira, 18 de junho, a entrega de mais 2,2 milhões de doses da vacina contra o coronavírus CoronaVac. O imunizante vai ser distribuído pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) para ser usado em todo o país.

Com o lote de hoje, o Butantan alcança a marca de 52,2 milhões de doses entregues desde janeiro. A previsão é que até o final de setembro o instituto tenha disponibilizado 100 milhões de doses da vacina ao PNI.

A entrega de hoje é referente ao processamento de 3 mil litros de ingrediente farmacêutico ativo (IFA) recebidos da China no último dia 25 de maio. A matéria-prima permitiu a produção de 5 milhões de doses.

O Butantan espera receber até o fim deste mês mais uma remessa com 6 mil litros de IFA para poder envazar mais 10 milhões de doses.

Segundo os últimos dados disponibilizados pelo governo estadual, já foram aplicadas em São Paulo 20,2 milhões de doses, sendo 5,8 milhões da segunda dose da imunização.

Agência Brasil

Leia mais:
>>> Cidades de Paulista e Jaboatão promovem ação especial para aplicar 2º dose da CoronaVac no sábado (19) e domingo (20); saiba os detalhes

Vacinação em Pernambuco

Neste final de semana, o Governo de Pernambuco mobilizará  os municípios para vacinar a população que ainda precisa finalizar o esquema vacinal contra a Covid-19 com a segunda dose da vacina da Coronavac/Butantan.

A ação será possível com o recebimento, previsto para a manhã desta sexta-feira, 18 de junho, de 65 mil doses do imunizante, que será enviado às cidades pernambucanas logo após a conferência e separação pelo Programa Estadual de Imunização (PNI-PE).

Ao todo, 73 municípios que afirmaram precisar do insumo serão contemplados neste recebimento, totalizando 49.250 doses. Ou seja, serão sanados todos os pedidos. O saldo restante será destinado ao estoque estratégico do PNI-PE, para ajustes futuros que ainda possam ser necessários.

A decisão de fazer a mobilização ocorreu após uma reunião, na manhã da quinta, 17 de junho, entre o Estado e o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Pernambuco (Cosems-PE).

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal