Recurso

Bolsonaro libera R$ 2,8 milhões para ações de combate à covid-19 junto as pessoas em situação de rua

O projeto Consultório na Rua conta com 158 equipes espalhadas por todo o Brasil compostas por multiprofissionais itinerantes.

O governo Bolsonaro, através do Ministério da Saúde liberou hoje (18) R$ 2,8 milhões para ampliar o programa Consultório na Rua que reforça as ações de combate à covid-19 junto as pessoas em situação de rua. O recurso será destinado aos municípios que dão assistência aos serviços de saúde às pessoas em situação de vulnerabilidade. Desde o começo do ano, já foram repassados mais de R$ 20 milhões para custeio da iniciativa.Bolsonaro, Bolsonaro libera R$ 2,8 milhões para ações de combate à covid-19 junto as pessoas em situação de ruaBolsonaro, Bolsonaro libera R$ 2,8 milhões para ações de combate à covid-19 junto as pessoas em situação de rua

O projeto conta com 158 equipes espalhadas por todo o Brasil compostas por multiprofissionais itinerantes, que desenvolvem ações integrais de saúde frente às necessidades da população em situação de rua.

Bolsonaro, Bolsonaro libera R$ 2,8 milhões para ações de combate à covid-19 junto as pessoas em situação de rua
Ministro Marcelo Queiroga. Foto: Reprodução

“É um projeto prioritário de atenção primária, levar assistência à saúde para aqueles que mais precisam. O governo tem se preocupado muito com esses aspectos”, disse o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que acompanhou o atendimento de uma equipe de Consultório na Rua, na Praça da Cruz Vermelha, na região central do Rio de Janeiro.

Segundo a pasta, estima-se que aproximadamente 140 mil cidadãos maiores de 18 anos, que se encontram em condição de extrema pobreza na rua, devem se vacinar contra o novo coronavírus.

Veja também: 
>>>Governo Bolsonaro alcança marca de 700 mil cestas básicas entregues a indígenas em todo país

Antecipação do pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial

O Governo Federal, através da Caixa Econômica Federal, anunciou que a antecipação dos pagamentos da terceira parcela do auxílio emergencial. O novo calendário tem início no dia 18 de junho, com os depósitos para os nascidos em janeiro, e vai até o dia 19 de julho para os nascidos em dezembro.Governo, Governo Federal antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial; confira novo calendárioGoverno, Governo Federal antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial; confira novo calendário

Antes, os pagamentos seriam feitos até o dia 12 de agosto. De acordo com a Caixa, para os beneficiários do Bolsa Família, nada muda. Eles continuam a receber o auxílio emergencial 2021 da mesma forma e nas mesmas datas do benefício regular.

Em maio, a Caixa já havia antecipado o pagamento da segunda parcela em cerca de duas semanas.

A Caixa disse ainda que quem recebe o auxílio por meio da conta digital, poderá movimentá-los pelo aplicativo Caixa Tem e na Rede Lotérica. O benefício também poderá ser sacado por meio do Cartão Bolsa Família ou Cartão Cidadão.

Da redação do Portal de Prefeitura com informações da Agência Portal

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal