Licitação

TJPE vai gastar mais de R$ 4 milhões para comprar 50 carros do tipo sedan modelo 2021 ou 2022

O edital oficial, divulgado pelo Tribunal, informa que os automóveis serão utilizados “como veículo de representação”.

O Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (TJPE), abriu na última terça-feira, 15  de junho,
um processo licitatório para aquisição de veículos de passeio, do tipo sedan, com objetivo de compor a frota de veículos do Tribunal.

De acordo com o edital, o valor total que será gasto com a aquisição dos carros pode chegar a R$ 4.149.666,66 (quatro milhões cento e quarenta e nove mil reais e seiscentos e sessenta e seis reais e sessenta e seis centavos), sendo de R$ 82.993,33 por unidade. A disputa entre as empresas esta marcada para o dia 7 de julho.

“Esta aquisição visa substituir os atuais veículos utilizados no atendimento das necessidades de deslocamento do TJPE, uma vez que os atuais veículos apresentam quilometragem superior a 250.000 quilômetros, evitando-se assim o alto custo de manutenção e consumo de combustível dos referidos veículos”, diz edital da licitação.

O Tribunal, no edital, fez exigências sobre os novos veículos, como modelo mínimo 2021 ou 2022, potência mínima de 105CV, capacidade para 5 pessoas, ar condicionado, direção assistida, rádio AM/FM com CD/MP3 e alarme. O edital informa que os 50 veículos serão utilizados “como veículo de representação”.

Atualmente, todos os 52 desembargadores do TJPE têm um veículo tipo sedan à disposição para
fins de representação institucional. O TJPE também oferece aos desembargadores um motorista.
É comum ver os veículos na cor preta e com “placa de bronze” estacionados no início da Rua do
Imperador, em frente ao Palácio da Justiça, sede do Tribunal de Justiça de Pernambuco, no bairro
de Santo Antônio, área central do Recife. O modelo usado atualmente pelos desembargadores é o
Honda Civic na cor preta.

Até o momento, quatro revendedoras de veículo já apresentaram propostas de cotação. A compra será feita através de um pregão eletrônico.

Auxílio alimentação  

Foi autorizado no dia 1º de junho pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em Brasília, um reajuste de 46% no auxílio-alimentação a desembargadores e juízes do Tribunal de Justiça de Pernambuco, que passa de R$ 1.068,00 para R$ 1.561,80 (mil quinhentos e sessenta e um reais e oitenta centavos) por mês.

De acordo com o CNJ, o pedido de aumento no benefício foi do próprio presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco. A decisão autorizando o aumento foi da corregedora nacional de Justiça, ministra Maria Thereza de Assis Moura, que atua no CNJ, em Brasília.

Veja também:
>>>MPPE recomenda que atos pró e contra Bolsonaro não aconteça no Recife, mas, solicitou da SDS que PMPE não cometa excessos ao acompanhar manifestações

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal