Benefício

Bolsonaro promete aumentar valor do Bolsa Família para R$300; saiba quando acontece o reajuste

O presidente também confirmou a prorrogação do auxílio emergencial em mais “duas ou 3 parcelas”.

Na última terça-feira, 15 de junho, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou a prorrogação do auxílio emergencial em mais “duas ou 3 parcelas”, além da intenção de aumentar o valor do Bolsa Família em cerca de 50%, com o valor médio do programa chegando a R$ 300.

“Já está definido: mais duas ou 3 parcelas de auxílio emergencial de em média R$ 250. Agora, no tocante ao Bolsa Família nós tivemos uma inflação durante a pandemia, no tocante aos produtos da cesta básica. […] A ideia é dar um aumento de 50% em dezembro, para sair de em média R$ 190 para R$ 300. É isso que já está praticamente acertado aqui”, disse Bolsonaro.

As tratativas inicias da equipe econômica previam a possibilidade de aumentar o programa para, em média, R$ 250, cifra menor que a anunciada por Bolsonaro. O presidente deu entrevista ao programa SIC News, do canal SIC TV, afiliada da Record em Rondônia.

Veja também:
>>>Prefeitura do Recife amplia data de entrega do cartão-alimentação do AME; confira novo cronograma

Antecipação da 4ª parcela do Auxílio Emergencial

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse também na última terça, que o banco estuda antecipar o pagamento da quarta parcela do auxílio emergencial federal,  conforme já fez com as  três  primeiras  parcelas.

“É muito claro que anteciparemos também o quarto ciclo, mas vamos fazer isso daqui a algumas semanas, mantendo a mesma otimização”, declarou Guimarães durante uma transmissão pelas redes sociais, na qual comentou o novo cronograma de pagamentos da terceira fase, cuja antecipação já tinha sido anunciada.

O atual cronograma prevê que o banco comece a depositar os valores relativos à quarta parcela na conta social digital dos beneficiários nascidos em janeiro a partir do dia 23 de julho. E que os depósitos da quarta fase se estendam até 22 de agosto, com o pagamento para os nascidos em dezembro. Já a liberação de saques e transferências está prevista para ocorrer entre os dias 13 de agosto e 10 de setembro, mas, com a antecipação da terceira fase, Guimarães dá como certa a mudança também no calendário do quarto ciclo.

Confira abaixo o novo calendário:
Mês de nascimento Nova data Data antiga
janeiro 18 de junho 20 de junho
fevereiro 19 de junho 23 de junho
março 20 de junho 25 de junho
abril 22 de junho 27 de junho
maio 23 de junho 30 de junho
junho 24 de junho 4 de julho
julho 25 de junho 6 de julho
agosto 26 de junho 9 de julho
setembro 27 de junho 11 de julho
outubro 29 de junho 14 de julho
novembro 30 de junho 18 de julho
dezembro 30 de junho 21 de julho

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal