Disputa

Cabo Daciolo confirma pré-candidatura à presidência e chama Bolsonaro e Lula de ‘fracos’

No próximo ano o ex-deputado federal quer rodar municípios interioranos de todos os estados do Brasil a bordo de uma caminhonete quatro por quatro.

O ex-deputado federal e ex-candidato à presidência da Republica em 2018, Cabo Daciolo (sem partido), confirmou sua pré-candidatura para 2022 ao Palácio do Planalto. O ex-bombeiro militar acredita que a experiência e os votos que conseguiu nas eleições presidenciais de 2018 o credenciam para a disputa do próximo ano. Daciolo desafiou ainda o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ex-presidente Lula (PT).

Daciolo definiu como “dois fracos” tanto Lula como Bolsonaro. O ex-parlamentar pode ingressar novamente o Patriota, sigla pela qual o pastor evangélico se candidatou em 2018. Daciolo disse a polarização entre Bolsonaro e Lula não faz sentido, porque, nas palavras dele, os dois “fazem parte desse grande sistema”.

A campanha do Cabo Daciolo ficou marcada por sua ascensão à fama, dentro e fora da internet, com carisma, teorias da conspiração e brados bombásticos.

No próximo um ano, até junho de 2022, Cabo Daciolo quer rodar municípios interioranos de todos os estados do Brasil a bordo de uma caminhonete quatro por quatro. A ideia integra o projeto do ex-deputado federal rumo à corrida eleitoral do ano que vem, tendo como segundo plano concorrer ao cargo de governador do Rio de Janeiro.

“Quero ver de perto as mazelas do país, que precisa de um líder de verdade para ajudar o povo. Tenho orado e estudado bastante neste propósito”, disse ele.

Veja mais:
>>>Lula chama ex-ministro para chefiar comunicação na pré-campanha visando as Eleições 2022
>>>Pesquisa mostra Bolsonaro na frente de Lula no 1º turno; petista teve queda em vantagem no 2º turno

Partido de Bolsonaro

Além do Patriota, o Progressistas pode ser o novo partido do presidente Jair Bolsonaro.

Em agenda no Maranhão, Bolsonaro cumprimentava o senador Ciro Nogueira (PP-PI), presidente nacional da sigla, que mais cedo havia entregue uma joia de presente ao chefe do Executivo nacional. Ao receber, Bolsonaro disse: “Eu acho que o Ciro tá apaixonado, hein?”.

Em discurso, Bolsonaro lembrou dos anos em que esteve filiado ao PP, entre 2005 e 2016, e chamou a legenda de “grande partido”.

“Agradeço a Ciro Nogueira, meu velho colega de Parlamento. Fui do partido Progressistas dele por muito tempo. Ele não está apaixonado por mim não, pessoal, mas ele tá me namorando. Ele quer que eu retorne ao partido Progressista”, apontou o presidente.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal