Registro

Fardados, PMs param para tirar fotos com Bolsonaro durante “motociata” em São Paulo

Os agentes conversaram com o presidente e tiraram foto.

O presidente da República, Jair Bolsonaro tirou foto com policiais militares que estavam fardados no sábado (12). O registro foi durante a “motociata” em apoio ao governo federal e que tem trajeto de 100 km.

Os agentes conversaram com o presidente e tiraram foto. A maioria estava de máscara. Um deles não cobriu o nariz.

Bolsonaro provocou aglomeração e cumprimentou apoiadores, alguns sem máscara. Organizadores disseram que será a maior “motociata” já registrada no mundo.

Bolsonaro e os apoiadores saíram da região do Sambódromo, na zona norte da capital paulista, até o Obelisco do Ibirapuera. O trajeto é de 129 km. O nome oficial do ato político é “Acelera para Cristo”.

Ver mais:

>> Com mais de 300 mil inscritos, motociata pró-Bolsonaro gera expectativas de entrar no Guinness Book, diz apoiadores

>> Bolsonaro convoca apoiadores para motociata em São Paulo

>> Vídeo: Bolsonaro faz referência bíblica em motociata histórica e diz “Onde vocês estiverem, eu estarei no meio de vocês”

O presidente convidou apoiadores a participarem. Em vídeo publicado no canal Tubal do Vale, ele disse que estará na marcha, “em defesa da nossa liberdade, da nossa democracia e em conscientização dos nossos direitos”.

Durante a transmissão, disse que a “motociata” é pela “liberdade” da população. O presidente é crítico das medidas de distanciamento social que, segundo ele defende, provocam desemprego e não ajudam a conter o vírus.

Da redação do Portal com informações do Poder360

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal