Imunização

São Luís é a primeira capital a vacinar jovens por idade no Brasil

Jovens a partir de 18 anos já são cadastrados para receberem a dose na próxima semana.

Nas terras do bumba meu boi, apesar do silêncio dos tambores, as toadas juninas e o mingau de milho entregues pelas mãos do governador Flávio Dino (PCdoB) se fazem presentes nos nove pontos de vacinação de São Luís (MA), que diferente do cenário nacional, já vacina jovens abaixo de 30 anos e anunciou cadastro para a vacinação a partir de 18, na próxima semana.

Com evento de 41 horas de vacinação ininterrupta no Arraial da Vacinação, mais de meio milhão de pessoas já foram vacinadas na capital e o recorde de 19.260 pessoas vacinadas em um único dia foi registrado na última quinta-feira (10). Em menos de uma semana, a capital maranhense disparou com grande diferença na idade de vacinação por idade, em relação às demais capitais brasileiras.

Atrás de São Luís nesse quesito, todas as demais capitais ainda vacinam públicos em faixas etárias acima de 40 anos, com destaque para Recife (PE), que apesar de vacinar o grupo de 43+, também está à frente das outras capitais com larga diferença.

Segundo a Superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Tayara Pereira, um destaque para a disparidade é o recebimento de 310 mil doses extras da vacina AstraZeneca, solicitadas ao Ministério da Saúde para a vacinação em massa após a confirmação de casos da variante indiana.

Desse total, 210 mil foram destinadas à grande ilha, que compreende São Luís, São José de Ribamar, que recebeu 36 mil doses, Paço do Lumiar, com 30,5 mil e Raposa, que garantiu um aporte extra de seis mil doses.

“Considerando esse quantitativo extra de doses aos municípios da grande ilha, esses podem dar essa celeridade na vacinação em massa da sua população, o que difere dos demais municípios do estado, que estão recebendo quantitativos de doses referentes ao público-alvo disposto no PNO, então é um quantitativo menor e para um público menor”, explica.

Para a utilização das doses extras, foi montada uma grande estrutura com a parceria entre Governo do Estado e Prefeitura Municipal de São Luís, com a realização de mutirões, drive-thru e o chamado “Arraial da Vacinação”, ao som de músicas juninas e distribuição de mingau de milho.

A Superintendência Estadual explica que até o momento, o “Arraial da Vacinação” está concentrado na região da grande Ilha, com exceção de Timon e Alcântara, que devem receber o projeto na próxima semana. Sem data definida, há previsão de ser ampliado para outros municípios ainda durante o mês de junho.

“Nós já fizemos no Shopping Pátio Norte para os municípios de Paço do Lumiar e Ribamar Fiquene, e durante este final de semana será feito novamente para os municípios da grande ilha. Fora da grande ilha, também estamos fazendo em Timon e Alcântara, com previsão de outros municípios participarem no decorrer do mês de junho”.

 

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal