Oficializado

Eduardo Pazuello é nomeado para cargo no Palácio do Planalto

A nomeação do ex-ministro consta no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (1º).

O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi nomeado para exercer o cargo de secretário de Estudos Estratégicos da Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República.

O general que deve ser reconvocado pela CPI da Pandemia, responde a um procedimento disciplinar no Exército por ter participado de um protesto em apoio ao presidente sem ter solicitado autorização prévia. A tendência é de que ele receba uma punição de advertência.

A nomeação de Pazuello para o cargo no Palácio do Planalto é assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos.

Ver mais:

>> CPI da Covid aprova volta de Pazuello e Queiroga e convocação de nove governadores; veja quais

Pazuello assumiu o posto de ministro da Saúde, após o médico oncologista Nelson Teich pedir demissão, depois de 29 dias à frente pasta, em função de divergências sobre o protocolo da hidroxicloroquina para tratar pacientes diagnosticados com Covid-19.

O ex-ministro assumiu o cargo interinamento em maio de 2020 e foi oficializado em setembro. Em março deste ano, ele deixou a pasta, que foi assumida por Marcelo Queiroga.

Antes, Pazuello ocupava o cargo de secretário-executivo do Ministério da Saúde. Ele já prestou depoimento por dois dias à CPI da Pandemia.

Lista

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid no Senado aprovou os requerimentos para convocar nove governadores.

Além dos governantes foram reconvocados o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello e o atual titular da pasta, Marcelo Queiroga.

Eis a lista dos convocados:

  • Wilson Lima (PSC), governador do Amazonas
  • Helder Barbalho (MDB), governador do Pará
  • Ibaneis Rocha (MDB), governador do Distrito Federal
  • Mauro Carlesse (PSL), governador do Tocantins
  • Carlos Moisés (PSL), governador de Santa Catarina
  • Waldez Góes (PDT), governador do Amapá
  • Wellington Dias (PT), governador do Piauí
  • Marcos Rocha (PSL), governador de Rondônia
  • Antônio Denarium (sem partido), governador de Roraima
  • Daniela Reinehr (sem partido), vice-governadora de Santa Catarina
  • Wilson Witzel (PSC), ex-governador do Rio de Janeiro
  • Eduardo Pazuello (ex-ministro da Saúde)
  • Marcelo Queiroga (Ministro da Saúde)
  • Arthur Weintraub (ex-assessor da Presidência da República)
  • Filipe Martins (ex-assessor da Presidência da República)
  • Carlos Wizard (empresário)
  • Paulo Baraúna (empresário)
  • Luana Araújo (ex-secretária do Ministério da Saúde)

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal