Restrição

Novo decreto de Garanhuns ainda mais rígido proíbe venda de bebidas alcoólicas de 1 a 6 de junho; confira a lista

Medidas mais rígidas na cidade é para tentar conter o avanço no número de casos de Covid-19. Secretaria Estadual de Saúde suspeita de uma variante mais letal em circulação na região do Agreste.

Um novo decreto municipal que trata da ampliação de medidas restritivas será publicado nesta segunda-feira, 31 de maio, para vigência na terça, 1° de junho, ao domingo, 6 de junho, em Garanhuns, agreste do estado.

O município vem sofrendo com o avanço da pandemia da Covid-19, com a totalidade de leitos de UTI ocupados há várias semanas, crescente número de pessoas infectadas diariamente, confirmadas pelos laboratórios das redes pública e privada, e infelizmente, mortes.

O agreste tem sido motivo de preocupação da Secretaria Estadual de Saúde, que suspeita de uma variante mais letal em circulação na região, e que levou a um decreto estadual específico para combater o avanço do vírus.

O Ministro da Saúde, dr. Marcelo Queiroga, e o ministro do Turismo, Gilson Machado, estiveram em Garanhuns, verificando o problema regional. O Ministro da Saúde recebeu protocoladas diversas solicitações por parte da Prefeitura, Secretaria de Saúde, Codeam e Cosems, entidade que representa os secretários municipais de saúde.

Definido em reunião do prefeito com equipe técnica, que envolve diversos setores da administração, o novo decreto restringirá ainda mais o funcionamento de segmentos econômicos, a fim de evitar a circulação das pessoas.

Segundo Catarina Tenório, secretária municipal de saúde, as medidas tomadas na semana passada foram importantes, mas os números da pandemia continuam em alta.

“Somente com o esforço coletivo, a diminuição drástica de pessoas nas ruas, evitando a propagação da Covid-19, teremos uma diminuição dos casos. O momento não é fácil, mas precisamos de coragem para enfrentar a pandemia e salvar vidas”.

Leia mais:
>>> Prefeitura de Garanhuns detalha ações para reduzir o contágio pela Covid-19

O prefeito de Garanhuns, Sivaldo Albino, ouvindo os especialistas, resolveu ampliar as medidas restritivas publicadas no Decreto Municipal 049/2021.

“Precisamos de uma resposta rápida para impedir que o vírus continue se multiplicando em Garanhuns e região, e isto só se dará diminuindo o contato entre as pessoas. Estamos abrindo mais leitos de UTI, mas se não barrarmos o avanço do vírus, de nada adianta. A população deve entender que a luta contra a Covid-19 é de todos, por isto é importante ficar em casa, proteger a família e tomar os cuidados preventivos”, afirma o prefeito.

Somente estarão autorizados a funcionar os seguintes segmentos considerados essenciais, listados no novo decreto.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura de Garanhuns

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal