Formação

No Cabo, Defesa Civil realiza capacitação de primeiros socorros e segurança no trabalho

A aula foi ministrada pelo técnico em Segurança do Trabalho Alex Ribeiro. Ao todo 16 profissionais receberam as orientações necessárias.

A Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho realizou na manhã do sábado, 29 de maio, uma capacitação para agentes da Defesa Civil do município. Ao todo 16 profissionais receberam informações sobre segurança no trabalho (NR35), de trabalho em altura e primeiros socorros.

A capacitação foi ministrada pelo técnico em Segurança do Trabalho Alex Ribeiro. De acordo com o gerente da Defesa Civil, Felipe Lira, a formação é importante para melhorar a qualidade do serviço prestado para a população, na linha de frente da Defesa Civil.

“Aqui os profissionais estão aprendendo como agir caso se deparem com um acidente. Com isso, podem  ter mais segurança para lidar com a população”.

José Roberto é agente da Defesa Civil e participou da formação.

“Estou aprendendo muito. Essa capacitação é muito importante porque vai nos ajudar no trabalho do dia a dia”.

Prevenção

O sábado (29) foi dia de conscientização e prevenção contra a covid-19. A Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho realizou uma ação de entrega de máscaras e material informativo contra o novo coronavírus no Mercadão, principal Mercado Público do município.

Mais de 2 mil máscaras foram distribuídas na ação educativa. Mercival Ferreira é comerciante e vende bananas na feira. Ele afirmou que muitos clientes chegam sem máscara e elogiou a iniciativa da Prefeitura.

Segundo ele, a ação  é muito importante para conscientizar a população.

“Eu peguei máscara para mim e algumas para entregar para os meus fregueses que chegam aqui às vezes sem usá-las. A covid tá cada dia matando mais gente e precisamos nos cuidar”.

Parceria

A prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, através da Secretaria de Saúde, iniciou um esforço conjunto com o Estado de Pernambuco para trazer profissionais da área para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município.

O equipamento enfrenta uma falta de médicos e enfermeiros nos horários diurnos e noturnos dos sábados e também nas noites de segunda-feira.

“Não estamos medindo esforços para tentar encontrar o melhor caminho junto com o Estado”, afirmou o assessor especial da Secretaria de Saúde do Cabo, Styve Rickson.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal