Depoimento

CPI da Pandemia ouve Nise Yamaguchi, médica favorável a ‘tratamento precoce’ contra Covid-19 na terça (1)

Segundo o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), ela será questionada sobre assessoramento paralelo ao governo no enfrentamento à covid-19 e tentativa de mudança da bula da cloroquina.

A CPI da Pandemia vai ouvir nesta semana especialistas sobre o chamado “tratamento precoce” e vacinação. Segundo o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), a médica Nise Yamaguchi será questionada, nesta terça-feira, 1° de junho, sobre assessoramento paralelo ao governo no enfrentamento à covid-19 e tentativa de mudança da bula da cloroquina.

Já o presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia, Clovis Arns da Cunha, e a médica Zeliete Zambom falarão contra o tratamento precoce em audiência pública da CPI, na quarta-feira, 2 de junho. Também foram convidados os médicos Paulo Porto de Melo e Francisco Eduardo Alves, favoráveis ao uso dos medicamentos.

Os senadores poderão discutir a ação conjunta de governadores no Supremo Tribunal Federal para não serem convocados pela CPI.

Agência Senado

Leia mais:
>>> CPI da Covid: Senador exibe número de recuperados para atacar o relator Renan Calheiros

Investigação a governadores

O próximo desafio da CPI da Pandemia será investigar se houve desvio de recursos transferidos pela União para o enfrentamento da covid-19. Os senadores aprovaram um pacote com 108 requerimentos que direcionam os rumos da investigação para estados e municípios, como prevê o ato de criação do colegiado.

Nesse novo flanco, os parlamentares decidiram convocar nove governadores: Antônio Garcia (RR), Carlos Moisés (SC), Coronel Marcos Rocha (RO), Hélder Barbalho (PA), Ibaneis Rocha (DF), Mauro Carlesse (TO), Waldez Góes (AP), Wellington Dias (PI) e Wilson Lima (AM). Além deles, o ex-governador Wilson Witzel (RJ) e a vice-governadora Daniela Reinehr (SC) devem depor sobre suspeitas de fraude no combate ao coronavírus.

A CPI tem mais de 300 requerimentos pendentes de votação. Alguns deles também sugerem a convocação de prefeitos e ex-prefeitos de cidades onde a Polícia Federal investiga o desvio de recursos transferidos pela União.

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) cobrou a votação desses pedidos. Ele também quer ouvir representantes do Consórcio do Nordeste, responsável pela compra frustrada de respiradores no início deste ano.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal