Pernambuco

Ministro da Saúde Marcelo Queiroga visita Gravatá, Caruaru e Santa Cruz do Capibaribe neste fim de semana

A orientação para a ida do ministro a Pernambuco partiu do próprio presidente da república, Jair Bolsonaro. Cidades vão receber 146 unidades de concentradores de oxigênio.

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga confirmou visita para Pernambuco, em especial o Agreste do estado. Ainda nesta noite de sábado, 29 de maio, o chefe da pasta se reúne com o prefeito de Gravatá, Padre Joselito (PSB) e a prefeita de Bezerros Lucielle Laurentino (DEM) e no domingo segue pela manhã segue para Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Garanhuns.

“Vamos agora para o nosso Pernambuco, especialmente a região do Agreste, onde temos notícias de um aumento de casos [de Covid-19] e uma pressão sob o sistema de saúde. O Ministério da Saúde já providenciou concentradores de oxigênio para ajudar”, disse Queiroga.

O estado atravessa um momento desafiador da pandemia, principalmente nesta região, onde será avaliado a quantidade existente de oxigênio, para evitar que falte suprimento nas unidades de saúde da região.

A orientação para a ida dos dos ministro da saúde a Pernambuco partiu do próprio presidente da república, Jair Bolsonaro. Entres outros anúncios, será informado aos gestores municipais, a entrega de 146 unidades de concentradores de oxigênio.

Leia Também:
>>> Governo Federal libera mais de R$ 1 bilhão para todos os municípios; veja quanto recebeu a sua cidade

Dinheiro para enfrentamento da Covid-19

O Governo federal, através do Ministério da Saúde, liberou na última terça-feira, 25 de maio, o montante total de R$ 1.048.320.000,00 (um bilhão, quarenta e oito milhões trezentos e vinte mil reais), referente a recurso do Bloco de Manutenção das Ações e Serviços Públicos de Saúde- Grupo Coronavírus (COVID 19).

Ao estado de Pernambuco, foram pagos 1054 leitos no total, custando R$ 50.592.000,00 por mês. A lista completa da portaria assinada pelo ministro Marcelo Queiroga pode ser conferida através do link.

Como o dinheiro é transferido para os fundos dos estados, Distrito Federal e municípios, é necessário que os gestores locais procedam com o pagamento dos leitos, que podem ser próprios ou de instituições contratadas, como hospitais filantrópicos e Santas Casas, por exemplo.

A pasta tem transferido cerca de R$ 1 bilhão por mês para tratamento de pacientes com a Covid-19 internados em UTIs. A verba faz parte do Bloco de Manutenção das Ações e Serviços Públicos de Saúde referentes ao Grupo Coronavírus.

Apenas em 2021, o Governo Federal já liberou R$ 3,4 bilhões. A lista completa dos leitos pode ser consultada por estado e município por meio do portal Localiza SUS.

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal