Pernambuco

Forças de Segurança Pública reforçam fiscalização em fim de semana de quarentena

Praias e calçadões estarão interditados para o público, assim como também está proibido o atendimento presencial em serviços, bares e restaurantes.

As forças operativas da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS) estarão reforçado, neste fim de semana, (29 e 30 de maio) para garantir o cumprimento da quarentena em 59 municípios da Região Metropolitana do Recife e da Zona da Mata.

Praias e calçadões estarão interditados para o público. Também está proibido o atendimento presencial em serviços, bares e restaurantes, de acordo com Decreto Estadual Nº 50.752, do Governo de Pernambuco.

Durante este sábado e o domingo, 29 e 30 de maio, policiais militares e civis, além dos bombeiros militares, fiscalizam e orientam a população, para evitar aglomerações e a abertura de serviços proibidos no período. No Agreste, a quarentena iniciou-se quarta-feira, 26 de maio, em 65 municípios e prossegue todos os dias da semana até 6 de junho.

Mais de 5 mil profissionais da segurança pública de Pernambuco estão envolvidos na operação.

“Nesses dois dias de operação, já efetuamos mais de 7 mil fiscalizações e tivemos 8 pessoas conduzidas a delegacias, em razão de descumprirem as mediddas sanitárias. Orientamos milhares de pessoas nas ruas de 65 municípios do Agreste e, agora, também precisamos da colaboração das pessoas da Região Metropolitana e da Zona da Mata. Quem souber de irregularidades, como festas clandestinas, deve denunciar ao telefone 190 ou procurar uma delegacia próxima. Lembramos, ainda, que o acesso às praias e aos calçadões estará fechado para qualquer tipo de atividade, seja prática esportiva, lazer ou comércio. É fundamental o apoio dos cidadãos neste momento, para que consigamos reduzir o nível de transmissão da Covid aqui no Estado”, ressalta o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua.

No fim de semana, na RMR e na Zona da Mata, está vedado o funcionamento de forma presencial de atividades econômicas e sociais, entre elas praias, calçadões e parques; escolas e univesidades públicas e privadas; shoppings e galerias comerciais; clubes sociais, esportivos e agremiações; escritórios comerciais e de prestação de serviços; ciclofaixas destinadas ao lazer; competições e práticas esportivas coletivas, profissionais ou voltadas ao lazer.

O Decreto Nº 50.752, publicado no Diário Oficial do Estado de 25 de maio, prevê exceções, como supermercados, farmácias, hospitais e seviços de água, gás e combustível, entre outros.

Forças
Forças de Segurança Pública reforçam fiscalização em fim de semana de quarentena. Foto: Divulgação

Leia mais:
>>> Bolsonaro aciona STF para impedir decreto de Paulo Câmara com medidas restritivas e de mais dois governadores, durante a pandemia

Balanço da Operação Quarentena

Da quarta à quinta-feira, 26 e 27 de maio, a Operação Quarentena no Agreste teve 7.826 fiscalizações. Oito pessoas tiveram de ser conduzidas a delegacias de Polícia Civil, por descumprirem o Decreto Estadual Nº 50.752, que estabelece quarentena rígida em 65 municípios do Agreste.

O crime de infração sanitária, previsto pelo artigo 268 do Código Penal, prevê detenção de 1 mês a 1 ano, além de multa.

O reforço na segurança pública durante a Operação Quarentena envolve 5.089 postos extra de trabalho para policiais militares, policiais civis e bombeiros militares, além de servidores da Corregedoria Geral da SDS e da própria Secretaria de Defesa Social, atuando no Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), que comanda as ações da segurança no período.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal