Atuação

Eduardo da Fonte vai ao Ministério da Saúde para destravar recursos para o Hospital do Câncer de PE

"Estamos fazendo o possível para levar mais essa conquista ao nosso estado e aos pernambucanos", expressou o parlamentar.

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) participou de uma audiência na terça-feira (25) no Ministério da Saúde para destravar a compra de um acelerador linear para o Hospital do Câncer de Pernambuco. O parlamentar já destinou R$ 5 milhões para a compra do equipamento, mas, devido à alta do dólar, o valor do acelerador linear subiu para mais de R$ 7 milhões. Também foi tratado no encontro mais investimentos para a Saúde de Floresta e Itacuruba.

“Estamos fazendo o possível para levar mais essa conquista ao nosso estado e aos pernambucanos. Já tivemos uma reunião com o ministro Marcelo Queiroga (Saúde) e houve sinalização que o aparelho deve ser comprado. O nosso empenho é para que o equipamento chegue ao Hospital do Câncer de Pernambuco o quanto antes para que ajude a todos que passam pelo tratamento oncológico”, explicou Eduardo da Fonte.

A gerente de projetos e convênios do HCP, Patrícia Menezes, acompanhou o parlamentar na reunião.

“Audiência com resultado muito positivo para os pacientes com câncer do Estado de Pernambuco. O HCP agradece ao apoio e atenção de sempre do Deputado Eduardo da Fonte, que encabeçou essa ponte”.

Também estiveram no ministério o presidente dos Progressistas no Recife, Lula da Fonte; o presidente do IPA, Kaio Maniçoba; o secretário de Governo de Floresta, Dário Novaes Ferraz; e o secretário de Produção Rural, Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Floresta; Betinho Numeriano.

Proposição

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) protocolou na Câmara dos Deputados um projeto de lei (PL 1768/21) que institui o piso salarial nacional para profissionais de enfermagem. O valor proposto é de R$ 7,7 mil para enfermeiro; 70% deste valor para técnico de enfermagem e 50% para auxiliar de enfermagem e parteira. O piso considera ainda a jornada de trabalho de 30 horas semanais.

“Nosso projeto contempla trabalhadores da rede pública e privada que trabalham arduamente para atender nossa população. Em muitas situações, são eles os responsáveis pelo primeiro atendimento de quem precisa de um posto de saúde ou de um hospital. O momento é mais do que oportuno, a pandemia evidenciou o comprometimento desses profissionais com os brasileiros”, afirmou Eduardo da Fonte.

A proposta chegou ao gabinete do parlamentar pela deputada estadual Roberta Arraes (PP), que recebeu o pleito dos profissionais da Enfermagem; e também conta com o apoio do presidente do PP no Recife, Lula da Fonte.

Da redação do Portal com informações da assessoria de Eduardo da Fonte 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal