Mudança

Pernambuco inicia novas medidas restritivas nesta segunda (24) que seguem até o dia 6 de junho; veja o que mudou

A decisão da gestão estadual foi divulgada na última quinta-feira, 20 de maio, pelo secretário estadual de Saúde, André Longo.

Nesta segunda-feira, 24 de maio, Pernambuco continua com medidas restritivas com objetivo de combater o novo coronavírus. As regras, segundo a gestão Paulo Câmara, valerão até o dia 6 de junho. A nova decisão vale para algumas regiões de Pernambuco, incluindo o Grande Recife. A região de Caruaru e Garanhuns vivenciam regras mais duras, pois a rede de saúde do interior trabalha no limite de pacientes com a doença.

A decisão da gestão estadual foi divulgada na última quinta-feira, 20 de maio, pelo secretário estadual de Saúde, André Longo, durante uma coletiva de imprensa virtual. Longo deixou claro que, se houver a possibilidade de tomar medidas mais duras, o Governo de Pernambuco pode adotar, de acordo com a necessidade.

Instituições religiosas

As celebrações religiosas presenciais podem ser realizadas dos dias de semana entre 5h e 20h. Já nos sábados, domingos, o horário passa a ser de 5h às 18h.

Comércio de praia

O comércio de praia, especificamente, não pode funcionar nos fins de semana e feriados. Nos dias úteis, os serviços são permitidos, das 9h às 16h.

Em qualquer dia, estão proibidas atividades de clubes sociais, esportivos e agremiações, equipamentos culturais, parques de diversão, competições e práticas esportivas coletivas, com exceção para jogos de futebol.

Plano de Convivência

O Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19 estabelece as regras para a retomada gradual dos serviços e atividades econômicas em Pernambuco, com protocolos gerais e específicos de segurança baseados em distanciamento social, higiene, monitoramento e comunicação, para evitar o contágio. O plano está sempre em constante avaliação e o cumprimento do cronograma depende do comportamento das curvas de contaminação e de mortes provocadas pelo novo coronavírus.

Confira o que mudou no Plano de Convivência 

Pandemia em Pernambuco

Pernambuco confirmou no domingo, dia 23/05, 2.089 novos casos da Covid-19. Destes, 99 (5%) estão classificados como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Ao todo, o Estado soma 462.368 confirmações (43.606 graves e 418.762 leves). O boletim também registra mais 646 pessoas recuperadas da doença, totalizando 389.131 curas.
Também foram confirmados, por exames, 40 novos óbitos (20 masculinos e 20 femininos), registrados entre os dias 01/06/2020 e 22/05/2021. Com isso, o Estado totaliza 15.365 mortes pela doença.

Agreste

As novas medidas restritivas voltadas para a região do Agreste do Estado, anunciadas no último sábado (15.05) pelo Governo de Pernambuco, entraram em vigor na terça-feira (18.05).

Nos próximos dois finais de semana, apenas o funcionamento de supermercados, feiras livres de produtos alimentícios, farmácias, padarias e postos de gasolina estará permitido, na 2ª Macrorregião, da qual fazem parte as IV e V Gerências Regionais de Saúde, com sede em Caruaru e Garanhuns.

Para o governador Paulo Câmara, os números analisados pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 apontam para uma situação limite.

“Temos feito todos os esforços para minimizar os efeitos dessa pandemia. Fizemos a maior rede de UTIs exclusivas para a Covid entre os estados do Norte/Nordeste do Brasil. Só na 2ª Macrorregião, abrimos 178 leitos de terapia intensiva, em sete diferentes unidades de saúde nos municípios de Caruaru, Garanhuns, Bezerros e Gravatá. Infelizmente, desde domingo passado, temos apenas um leito de livre”, disse.

Confira o decreto:

Decreto do Governo de Pernambuco

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal