Declaração

“As atitudes do presidente prejudicam o trabalho dos estados e municípios”, diz Paulo Câmara sobre atuação de Bolsonaro na pandemia

A fala do governador de Pernambuco se deu em entrevista ao radialista Alberes Xavier durante a semana.

“As atitudes do presidente prejudicam o trabalho dos estados e municípios”, disse o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), durante entrevista ao radialista Alberes Xavier nesta semana.

As críticas são direcionadas ao Governo Federal no combate à pandemia. O gestor disse que “vai cobrar” a União para que “não erre mais”. Ele também reclamou do ritmo de vacinação.

“A gente tem que fazer muita cobrança ao Governo Federal, que infelizmente não se preparou para a vacinação, não cuidou da pandemia. Isso realmente prejudicou muito os estados e municípios e agora a gente tem que cobrar para que o Governo Federal não erre mais. Que daqui para a frente busque acertar”, declarou.

Leia mais:
>>> Governador Paulo Câmara inaugura nova Central de Oportunidades em Paulista

“Infelizmente o presidente insiste em não usar máscara, em não respeitar o isolamento social, em não dizer para a população que o vírus continua a circular e que pode matar, como tem matado tantos brasileiros”, prosseguiu.

Ainda segundo Paulo, a CPI da Covid surgiu “para que erros não sejam repetidos”. Na entrevista, o governador se esquivou sobre a disputa ao Palácio do Campo das Princesas em 2022.

“Vamos deixar essas questões mais para a frente. Assim exige o momento atual”, declarou.

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e ex-prefeito do Recife, Geraldo Julio, é o favorito para disputar a sucessão pelo PSB. Já o secretário da Casa Civil, José Neto, teve seu nome defendido por algumas lideranças da Frente Popular. (Do Blog do Magno Martins)

Estratégias no combate à Covid

Preocupado com a pandemia no Estado, o governador Paulo Câmara reuniu todo o seu secretariado, no último sábado, 22 de maio, por videoconferência, para um detalhamento sobre os números da Covid-19 em Pernambuco.

No encontro, que contou também com a presença da vice-governadora Luciana Santos, foram abordados os números de casos confirmados, óbitos, leitos de enfermaria e UTI disponíveis e ocupados, medidas restritivas que estão em vigor, além de apresentar dados sobre a vacinação no Estado.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal