Chamado

Pernambuco convoca mais 49 novos profissionais de Saúde para enfrentamento à pandemia

Do total, 27 são médicos e irão reforçar a assistência aos pacientes atendidos nas unidades sob gestão estadual.

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) anunciou a nomeação de 49 novos profissionais de saúde aprovados em concurso público para o enfrentamento à Covid-19, lista dos aprovados em concurso público foi divulgada na manhã da quinta-feira, 20 de maio, no Diário Oficial do Estado (DOE).

Do total, 27 são médicos e irão reforçar a assistência aos pacientes atendidos nas unidades sob gestão estadual. Os 49 profissionais aprovados estão divididos em: médico clínico geral, cirurgião geral e pediatra; técnicos de enfermagem, administração e de necropsia; enfermeiros e farmacêuticos fiscais de vigilância sanitária, além de analistas em saúde.

Com o novo chamamento, sobe para 9.930 o quantitativo de profissionais nomeados para o enfrentamento da emergência em saúde pública ocasionada pela pandemia do novo coronavírus. No trabalho de enfrentamento à pandemia da Covid-19, o Governo de Pernambuco já nomeou 3.261 profissionais aprovados em concurso público e outros 6.669 aprovados por meio de seleções simplificadas.

Saiba mais em www.pecontracoronavirus.pe.gov.br

Leia mais:
>>> Governo de Pernambuco decide prorrogar medidas restritivas até junho; confira a decisão

Mais da metade dos internados em UTI tem menos de 60 anos

As notificações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) aumentaram, informa o Boletim Observatório Covid-19, divulgado na sexta-feira, 21 de maio, pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Os casos de SRAG são responsáveis por incidências graves de doenças respiratórias, que demandam hospitalização ou levam a óbito. São atualmente, em grande parte, devido a infecções por Sars-CoV-2.

Conforme o boletim, outro dado preocupante é que, pela primeira vez no Brasil, a mediana da idade de internações em unidades de terapia intensiva (UTIs) de todo o país ficou abaixo de 60 anos.

O ano de 2021 vem, a cada semana, apresentando rejuvenescimento da pandemia, alertam os pesquisadores.

“Diferentemente das últimas semanas, mais da metade dos casos de internação hospitalar e internação em UTI ocorreram entre pessoas não idosas. Em relação aos óbitos, embora a mediana ainda seja superior a 60 anos, ao longo deste ano, houve queda num patamar de 10 anos. Os valores de mediana de idade dos óbitos foram, respectivamente, 73 e 63 anos”, diz o boletim.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal