Opinião

Lula sobre corrupção no Brasil: “se alguém roubou, que seja preso”

Caso o entendimento de Fachin seja mantido, o petista terá os seus direitos políticos retomados e vai poder disputar as eleições de 2022.

O ex-presidente Lula resolveu usar o Twitter nesta quinta-feira (15) para se manifestar a respeito da anulação de suas condenações.

“Estou tranquilo. Tem gente que gosta de fazer confusão, dizendo que a anulação dos meus processos é a anulação da Lava Jato. É a anulação do meu caso. A minha briga é com o meu caso específico. Estou discutindo a minha inocência. Se alguém roubou que seja preso”, escreveu o petista, que passou 580 dias preso em Curitiba.

Ver mais:

>> Eleições 2022: Bolsonaro vence Lula no Sul e tem bom desempenho no Sudeste, Norte e Centro-Oeste

>> Bolsonaro sobre união de Lula e FHC: ‘Chapa em 2022 terá ladrão para presidente e vagabundo de vice’

>> Em entrevista a revista francesa, Lula confirma candidatura presidencial: “não hesitarei”

Lula reproduziu as declarações dadas em entrevista à Rádio O Povo, em que ele aproveitou para também abordar as eleições de 2022 e criticar a condução do presidente Jair Bolsonaro durante a pandemia.

“Vocês acham que tenho prazer de chamar o Bolsonaro de genocida? Infelizmente esse cidadão fez tudo diferente do que a ciência brasileira orientou a fazer”, afirmou.

Em março, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin declarou que a Vara Federal de Curitiba não tinha competência para julgar quatro processos abertos contra o petista. O plenário da Corte confirmará ou não nesta quinta-feira (15) a decisão do ministro Edson Fachin.

Caso o entendimento de Fachin seja mantido, o petista terá os seus direitos políticos retomados e vai poder disputar as eleições de 2022. A ministra Cármen Lúcia antecipou, ainda nesta quarta-feira (14), que não caberia ao plenário rediscutir a suspeição do ex-juiz, já que o assunto foi decidido pela Segunda Turma do STF.

Nesta quinta-feira (15), o plenário deve começar a discutir os recursos da Procuradoria-Geral da República contra a anulação das condenações do ex-presidente.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal