Trânsito

Detran-PE orienta motoristas sobre moderação de velocidade em Blitz 

A ação faz parte das atividades do Maio Amarelo, desenvolvidas para conscientização sobre a segurança no trânsito, que este ano aborda: "No Trânsito, sua responsabilidade salva vidas".

O excesso de velocidade é a principal infração de trânsito autuada em Pernambuco, de acordo com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PE). Somente no mês de abril deste ano, foram registradas 61.646 infrações do tipo. Diante do quadro, em parceria com a Prefeitura Municipal de Ipojuca, o órgão realiza, nesta segunda-feira (24), das 9h às 14h, blitz educativa na via local da entrada de Porto de Galinhas (continuação da rua Merepe III). A ação faz parte das atividades do Maio Amarelo, desenvolvidas para conscientização sobre a segurança no trânsito, que este ano aborda: “No Trânsito, sua responsabilidade salva vidas”.

A atividade, que inclui explicações sobre os riscos de excesso de velocidade e a instalação de sinalização vertical e horizontal com moderação de velocidade para 30 km/h, vai contar com equipes da Escola Pública de Trânsito, Gerência de Fiscalização e integrantes da Prefeitura de Ipojuca. Todos os participantes estarão seguindo as normas sanitárias de distanciamento e usando equipamentos de segurança como prevenção à Covid-19.

O local foi escolhido por ser um polo de concentração de pedestres pela existência de igrejas, escolas, pousadas e residências. A prefeitura está estudando moderar a velocidade em outras vias da cidade.

Além do Maio Amarelo, a iniciativa integra a 6ª Semana Global de Segurança no Trânsito da ONU, que ocorre de 17 a 23 de maio. É uma iniciativa que destaca os benefícios das vias urbanas de baixa velocidade e convida as pessoas para preservarem o limite de 30 km/h nos locais onde circulam com frequência.

Leia também:
>>>Detran-PE aplica 86 “multas morais” em exercício de conscientização para motoristas

Durante a semana, o Detran-PE tem divulgado a campanha, por meio das redes sociais, para informar à população sobre ruas mais seguras para todos. Para o diretor-presidente do Detran-PE, Roberto Fontelles, a iniciativa busca criar uma mudança de consciência, com a integração entre ruas, tráfego e pessoas, permitindo maior segurança e uma melhor circulação nas vias.

Estudos apontam que quanto mais baixo a velocidade do veículo, menor é o risco de lesão e morte de pedestres. Caso um pedestre seja atropelado por um veículo numa velocidade de 30km/h, por exemplo, tem 90% de chances de sobreviver.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Organização Pan-americana de Saúde (OPAS), 40 a 50% das pessoas dirigem acima dos limites de velocidade. As organizações também apontam que a cada 1km/h de aumento na velocidade cresce em até 5% as ocorrências fatais.

Trafegar acima do limite de velocidade permitido penaliza o condutor com multa e pontuação na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), de acordo com o artigo 218 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O valor da multa pode variar de acordo com o limite excedido, indo de R$ 130,16 a R$ 880,41, como também a pontuação.

Se a velocidade for até 20% do limite, a infração é média, com multa de R$ 130,16 e quatro pontos na CNH. Caso seja de 20% a 50% superior, é infração grave, o valor passa para R$ 195,23 e são cinco pontos. Se for acima de 50% do permitido, a infração é gravíssima, com multa de R$ 880,41 e suspensão da CNH.

Da redação do Portal com informações do Detran-PE

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal