Crítica

Deputado Paulo Eduardo ironiza expulsão de brasileiros dos EUA : “São deportações “do bem” “

Em postagem nas redes sociais, o parlamentar criticou o silêncio da esquerda pelo fato de Joe Biden ser o atual Presidente americano e não ter realizado comentários sobre violações dos Direitos Humanos.

O jornalista e deputado federal, Paulo Eduardo Martins (PSC-PR), utilizou suas redes sociais na quinta-feira, 20 de maio, para ironizar a deportação de 106 brasileiros dos EUA que aconteceu esta semana. Em sua postagem, o parlamentar afirmou que o Presidente dos EUA, Joe Biden, deportou ‘pessoas do bem’.

“Biden deportou 106 brasileiros que entraram ilegalmente nos EUA. São deportações “do bem” “

O deputado estaria ironizando a esquerda, que sempre quando ocorriam deportações no governo de Donald Trump, haviam diversas críticas sobre violações dos Direitos Humanos, mas agora que Joe Biden realiza essas ações, não é criticado.

Leia mais:
>>> Ex-presidente, Barack Obama, revela que EUA têm vídeos de OVNIs: “Estou falando sério”

Deportação

Chegaram na tarde da sexta-feira, 21 de maio no Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, o voo fretado pelo governo dos Estados Unidos para trazer de volta ao Brasil 106 brasileiros deportados daquele país.

Todos teriam sido detidos após entrarem de forma ilegal em território norte-americano. É o primeiro voo que deporta brasileiros desde que Joe Biden assumiu a presidência dos EUA.

A política de deportação dos EUA foi intensificada em 2019 pelo então presidente norte-americano Donald Trump que endureceu a legislação contra imigrantes ilegais. Segundo o Itamaraty, “o processo de deportação ocorre integralmente sob as leis e a jurisdição soberana dos Estados Unidos”.

A deportação ocorre quatro meses após o presidente dos EUA, Joe Biden, assumir como chefe de governo e enviar, ao Congresso, uma proposta de reforma das leis de imigração que, se aprovada, permitirá ao governo, futuramente, implementar ações de regularização da condição de milhões de imigrantes que vivem sem documentos no país.

Agência Brasil

Acordo de regras comerciais entre Brasil e EUA

O presidente Jair Bolsonaro encaminhou no dia, 26 de abril, ao Congresso Nacional anexos ao Acordo Brasil–Estados Unidos de Comércio e Cooperação Econômica (ATEC). Elaborados em conjunto pelos Ministérios da Economia e das Relações Exteriores, os anexos, que constituem um protocolo ao ATEC, tratam de regras comerciais e de transparência.Bolsonaro, Bolsonaro encaminha ao Congresso anexos a acordo de regras comerciais entre Brasil e EUABolsonaro, Bolsonaro encaminha ao Congresso anexos a acordo de regras comerciais entre Brasil e EUA

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal