Comunicado

Professor Lupércio: ‘Aulas presenciais só com todos os professores vacinados. Nosso compromisso é com a educação e a vida’

Prefeito de Olinda, fez um pronunciamento na manhã desta quarta-feira, 19 de maio, a respeito do andamento do ano letivo da Rede Municipal de Ensino.

O Professor Lupércio Carlos (SD), prefeito de Olinda, fez um pronunciamento na manhã desta quarta-feira, 19 de maio, a respeito do andamento do ano letivo da Rede Municipal de Ensino.

Devido ao atual momento da pandemia da Covid-19, o gestor realizou uma publicação nas redes sociais, onde informou que as aulas apenas voltarão a acontecer de forma presencial quando todos os professores estiverem vacinados.

Lupércio também afirmou que a gestão municipal vai incentivar os estudantes a conseguir ter acesso às aulas remotas.

“Diante do atual cenário, quero firmar aqui um compromisso de que a Rede Municipal de Ensino de Olinda só voltará às aulas presenciais quando todos os professores estiverem vacinados. Paralelo a isso, em parceria com a fundação Lemann, a Prefeitura vai disponibilizar dados móveis para alunos e professores”, comentou o professor.

O prefeito, ainda, que o aumento nos índices de imunização da população vai continuar sendo tratado como prioridade.

“Nosso compromisso é com a educação e a vida. Estamos trabalhando para vacinar todos os olindenses o quanto antes”, completou o gestor.

Leia também:
>>> Olinda já aplicou mais de 16 mil doses da vacina contra gripe em duas fases da campanha de imunização

Moradia

Os beneficiários do Conjunto Habitacional Sapucaia-Aguazinha começam a assinar os contratos para ter a propriedade de seus imóveis a partir da próxima quinta-feira (20.05). As vistorias já foram feitas na semana passada e os futuros moradores devem estar chegando em suas casas no próximo mês.

O sorteio dos 432 apartamentos foi feito há dez dias, divididos por grupos, já que algumas unidades estão adaptadas para portadores de deficiência e idosos.

O residencial é um complexo com 52 blocos, cada um com térreo e mais três andares, cuja construção durou dois anos e meio. Os futuros residentes pagarão mensalidades fixas com valores que variam de R$ 80 a R$ 270 durante dez anos. O investimento foi da ordem de R$ 34,5 milhões do Governo Federal, via Ministério do Desenvolvimento Regional. À Prefeitura de Olinda coube a inscrição dos beneficiários e distribuição dos imóveis.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura de Olinda

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal