Lamento

Prefeito João Campos lamenta a morte de Bruno Covas: “um importante exemplo de coragem”

O gestor enviou uma nota de pesar prestando solidariedade aos familiares e amigos.

O prefeito do Recife, João Campos, lamentou a morte do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, que morreu na manhã deste domingo (16), vítima de um câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado.

“Após 2 anos travando uma brava luta pela vida, o prefeito Bruno Covas nos deixa um importante exemplo de coragem. A força que demonstrou ao longo de toda a sua  trajetória, tenho certeza, será a melhor maneira de lembrar dele. Que Deus possa confortar sua família e amigos. Minha solidariedade e meu respeito”, disse o prefeito recifense em nota de pesar.

Ver mais:

>> Prefeito de São Paulo, Bruno Covas, morre aos 41 anos, vítima de câncer

>> Bruno Covas tem quadro clínico irreversível, diz boletim médico

Covas estava internado no Hospital Sírio-Libanês, no Centro da capital paulista, desde 2 de maio, quando se licenciou da prefeitura. Na sexta-feira (14), ele teve uma piora no quadro de saúde e a equipe médica informou que seu quadro havia se tornado irreversível.

“O prefeito de São Paulo Bruno Covas faleceu hoje às 08:20 em decorrência de um câncer da transição esôfago gástrica, com metástase ao diagnóstico, e suas complicações após longo período de tratamento. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde o dia 2 de maio, sob os cuidados das equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. David Uip, Dr. Artur Katz, Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer, Prof. Dr. Raul Cutait e Prof. Dr. Roberto Kalil”, diz a nota divulgada pela Prefeitura de São Paulo.

Covas é o primeiro prefeito da cidade de São Paulo a morrer durante o mandato. Ricardo Nunes (MDB), o vice que hoje é prefeito em exercício, irá assumir definitivamente o cargo.

 

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal