Críticas

Lula ataca a Lava Jato em discurso de 1º de maio: ‘Destruiu a economia do Brasil’

O ex-presidente acusou a Operação Lava Jato de ter “destruído setores estratégicos da nossa economia".

O ex-presidente Lula responsabilizou o presidente Jair Bolsonaro pelas 404 mil mortes por Covid e acusou a Operação Lava Jato de ter “destruído setores estratégicos da nossa economia.”

“Como se não bastasse a incompetência e o descaso desse desgoverno, a Operação Lava Jato destruiu setores estratégicos da nossa economia, sobretudo a construção civil e a cadeia produtiva de óleo e gás, beneficiando empresas e governos estrangeiros”, disse Lula.

O discurso do petista foi no dia 1º de maio, dia do trabalhador.

“Por conta da Lava Jato, o Brasil perdeu R$ 172 bilhões em investimentos produtivos. Deixou de recolher na forma de impostos diretos quase R$ 50 bilhões.”

Ver mais:

>> Marília Arraes promove plenária online sobre Lula e reúne dirigentes nacionais do PT

>> Evento virtual reúne Lula, Dilma, FHC, Dino, Ciro, Boulos e Manuela

O petista ainda falou pela decisão do STF, que declarou Sergio Moro parcial em seu julgamento.

“O juiz (Sergio Moro), que teve sua parcialidade declarada pelo Supremo Tribunal Federal, e os procuradores federais da chamada ‘força tarefa’, são responsáveis também pela destruição de 4 milhões e 500 mil postos de trabalho.”

Em relação ao governo Jair Bolsonaro, Lula responsabilizou diretamente o presidente pelas mortes por Covid registradas até o momento.

“Este é um 1º de maio triste. Um dia de luto por conta do Covid-19. Muito delas porque o governo Bolsonaro se recusou a comprar as vacinas que lhe foram oferecidas”, disse. “Nosso país está sendo devastado pelo governo do ódio e da incompetência.”

O petista falou em “retomar a esperança” e concluiu: “Nós já provamos que existe um outro jeito de governar”.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal