Imunização

Ministro da Saúde promete que toda a população brasileira será vacinada até o fim de 2021

Marcelo Queiroga deu a declaração em conferência virtual da OMS focada no Brasil e nas Américas.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta sexta-feira (30) que pode “garantir” a vacinação de toda a população brasileira contra a covid-19 até o fim de 2021. O ministro deu a declaração em conferência virtual da OMS (Organização Mundial da Saúde) focada no Brasil e nas Américas.

“A nossa palavra em relação à imunização é de esperança. Temos doses suficientes para o 2º semestre e é possível se garantir que até o final de 2021 tenhamos nossa população inteiramente vacinada“, disse, em resposta à pergunta de um jornalista.

Queiroga pediu aos países com doses extras de vacinas contra a covid-19 que as doem para o Brasil o mais rápido possível.

“Reiteramos nosso apelo àqueles que possuem doses extras de vacinas para que possam compartilhar com o Brasil o quanto antes possível, de modo a nos permitir lograr avanços em nossa ampla campanha de vacinação, de modo a conter a fase crítica da pandemia e evitar a proliferação de novas linhagens e variantes do vírus”, disse o ministro.

Ver mais:

>> CPI da Pandemia convoca Queiroga, ex-ministros da Saúde de Bolsonaro e chefe da Anvisa

Vacinação 

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, participou, na quarta-feira, 31 de março, da primeira reunião do Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento da Pandemia da Covid-19, com o presidente da República, Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, o presidente da Câmara, Arthur Lira, e demais autoridades.

“Essa reunião é a materialização da harmonia entre os poderes como uma ferramenta para enfrentamento à pandemia”, disse Queiroga em pronunciamento no Palácio do Planalto, ao lado de Pacheco e Lira.

O ministro destacou o esforço do Congresso Nacional na aprovação de medidas para reforçar a campanha de vacinação no país e a assistência no Sistema Único de Saúde (SUS).

“Essas iniciativas se somam a outras já em andamento. O objetivo é reduzir o número de casos que pressionam o sistema público de saúde. A campanha de vacinação ampla e ágil é o passaporte para o fim da pandemia. Esse é o esforço que temos feito”, ressaltou o ministro, relembrando que o Brasil já tem mais de 562 milhões doses de vacinas covid-19 contratadas para 2021.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal