Pandemia

Pernambuco registra 106 mortes por Covid-19 em 24h e chega a mais de 400 mil infectados

Esse é o maior número desde o dia 26 de junho, quando foram registrada 122 falecimentos pela doença.

Nas últimas 24 horas, Pernambuco registrou 106 óbitos em decorrência da Covid-19. Esse é o maior número desde o dia 26 de junho, quando foram registrada 122 falecimentos. Os números foram divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), do governo Paulo Câmara.

O boletim confirmou que 63 mortes foram de homens e 43 de mulheres.

Esses pacientes moravam em Abreu e Lima (1), Alagoinha (2), Aliança (1), Altinho (1), Araripina (1), Arcoverde (1), Barreiros (1), Belém de Maria (1), Belo Jardim (1), Bonito (1), Buíque (1), Cabo de Santo Agostinho (1), Caetés (1), Camaragibe (4), Capoeiras (1), Caruaru (4), Condado (1), Dormentes (1), Escada (1), Exu (1), Frei Miguelinho (1), Goiana (1), Gravatá (1), Igarassu (2), Itambé (1), Jaboatão dos Guararapes (6), João Alfredo (1), Lagoa do Itaenga (1), Olinda (5), Paudalho (2), Paulista (1), Pesqueira (1), Petrolina (7), Pombos (1), Recife (37), Saloá (1), Santa Cruz da Baixa Verde (1), Santa Cruz do Capibaribe (1), São Lourenço da Mata (2), Serra Talhada (1), Timbaúba (1), Trindade (1), Verdejante (1) e Vitória de Santo Antão (2).

Os pacientes tinham idades entre 25 e 90 anos. As faixas etárias são: 20 a 29 (1), 30 a 39 (5), 40 a 49 (15), 50 a 59 (27), 60 a 69 (16), 70 a 79 (24), 80 ou mais (18).

O boletim divulgado na última quarta-feira, 28 de abril, também mostrou que o Estado registrou mais 2.720 casos confirmados da doença, levando Pernambuco para a marca de mais de 400 mil infectados pelo novo coronavírus desde o início da pandemia, em março de 2020.

Segundo o Governo do Estado, os novos registros dividem-se entre 179 (6,5%) diagnósticos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 2.541 (93,5%) quadros leves da Covid-19. Com isso, Pernambuco totalizou 39.869 casos graves e 362.288 formas leves da doença.

Plano de Convivência

O Governo de Pernambuco publicou, na quarta-feira, 28 de abril, as novas regulamentações a respeito do limite da capacidade de público e o horário de funcionamento. Entre as atividades econômicas e sociais, estão igrejas, comércio de praia e academias. A medida vale até o dia 9 de maio de 2021.

De acordo com o Governo do Estado, as academias e demais atividades voltadas para a área de esporte físico poderão funcionar de segunda a sexta-feira, das 5h às 20h e das 5h às 18h nos fins de semanas e feriados. A informação é de que esses estabelecimentos devem atender à ocupação simultânea de um aluno a cada 10 metros quadrados. Esses locais só poderão ocupar 30% da capacidade total do lugar.

Já as igrejas e templos religiosos localizados em Pernambuco, podem abrir de segunda a sexta-feira, das 5h às 20h, e nos sábados, domingos e feriados, das 5h às 18h. A novidade é que os templos ganharam horas nos fins de semana e feriado, antes os locais religiosos podiam funcionar das 9h às 17h. Os espaços só podem receber 30% da capacidade total do templo ou, no máximo, receber 100 pessoas por celebração.

Comerciantes e ambulantes que atuam nas praias pernambucanas podem voltar a trabalhar de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. Este setor continua impedido de funcionar nos finais de semana e feriados. Os locais devem respeitar a regra de espaçamento entre cada guarda-sol. De acordo com a gestão estadual, cada equipamento deve respeitar o espaço de metros x 4 metros e poderá comportar até 4 cadeiras. Cada guarda-sol pode comportar, no máximo, dez pessoas.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal