Covid-19

Governo de PE anuncia limites de capacidade para igrejas, comércio de praia e outras atividades econômicas; saiba as regras

Novas medidas do Plano de Convivência com o novo coronavírus passou a valer na segunda-feira, 26 de abril, com regras que valem até o dia 9 de maio.

O Governo de Pernambuco publicou, nesta quarta-feira, 28 de abril, as novas regulamentações a respeito do limite da capacidade de público e o horário de funcionamento. Entre as atividades econômicas e sociais, estão igrejas, comércio de praia e academias. A medida vale até o dia 9 de maio de 2021.

De acordo com o Governo do Estado, as academias e demais atividades voltadas para a área de esporte físico poderão funcionar de segunda a sexta-feira, das 5h às 20h e das 5h às 18h nos fins de semanas e feriados. A informação é de que esses estabelecimentos devem atender à ocupação simultânea de um aluno a cada 10 metros quadrados. Esses locais só poderão ocupar 30% da capacidade total do lugar.

Já as igrejas e templos religiosos localizados em Pernambuco, podem abrir de segunda a sexta-feira, das 5h às 20h, e nos sábados, domingos e feriados, das 5h às 18h. A novidade é que os templos ganharam horas nos fins de semana e feriado, antes os locais religiosos podiam funcionar das 9h às 17h. Os espaços só podem receber 30% da capacidade total do templo ou, no máximo, receber 100 pessoas por celebração.

Comerciantes e ambulantes que atuam nas praias pernambucanas podem voltar a trabalhar de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. Este setor continua impedido de funcionar nos finais de semana e feriados. Os locais devem respeitar a regra de espaçamento entre cada guarda-sol. De acordo com a gestão estadual, cada equipamento deve respeitar o espaço de metros x 4 metros e poderá comportar até 4 cadeiras. Cada guarda-sol pode comportar, no máximo, dez pessoas.

Governo
Medidas valem até o dia 9 de maio. Foto: Reprodução/Internet
Governo
Medidas valem até o dia 9 de maio. Foto: Reprodução/Internet
Governo
Medidas valem até o dia 9 de maio. Foto: Reprodução/Internet

Leia também:
>>>Paulo Câmara decide manter medidas restritivas em Pernambuco até 9 de maio

Saúde Pública

Na segunda-feira (27), em pactuação com gestores municipais, o Governo de Pernambuco definiu como será o procedimento para a imunização das pessoas com comorbidades, próximo grupo a ser vacinado, assim que o Estado receber doses suficientes.

A pessoa com comorbidade deve preencher um formulário, que será disponibilizado para que esse atestado possa ser apresentado no ato da vacinação. Também foi acordado que essa vacinação irá avançar por faixa etária, começando com aqueles entre 55 e 59 anos, e decrescendo a partir da chegada das vacinas até chegar aos 18 anos.

As exceções serão as pessoas que fazem hemodiálise e com síndrome de Down, por recomendação do MS, e as pessoas vivendo com HIV, transplantadas e com obesidade mórbida, que poderão ser vacinadas em sua totalidade já no primeiro momento.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal