Trabalho

Lupércio apresenta ampliação da Operação Inverno nesta terça-feira (20)

Os 27 canais da cidade serão alvo de limpeza e drenagem. Trabalho, este, já em curso em Bairro Novo, Jardim Atlântico, Jardim Brasil e Rio Doce.

A Operação Inverno de Olinda, já em curso desde o início do ano, será ampliada para garantir um inverno com segurança e tranquilidade para a população. O prefeito, Professor Lupércio, anunciará as ações nesta terça-feira (20) durante uma live, transmitida pelo canal oficial da Prefeitura de Olinda no Youtube (//bit.ly/3smFD0Z), a partir das 9h30h.

O secretário de Gestão Urbana, Marconi Madruga; a secretária de Obras, Pollyana Monteiro; e o secretário-executivo de Defesa Civil, Manoel Cunha, também estarão apresentando e detalhando todas as intervenções.

A partir das 10h o prefeito e os secretários estarão à disposição para entrevistas. A Prefeitura garante todos os critérios de higiene e distanciamento preconizados pelas autoridades de saúde contra a Covid-19.

Os 27 canais da cidade serão alvo de limpeza e drenagem. Trabalho, este, já em curso nos seguintes locais: Canal Bultrins-Fragoso (Bairro Novo), Canal do Fragoso (Jardim Atlântico – próximo ao supermercado Maxxi), Canal da Malária (Jardim Brasil) e Canal do México (Rio Doce).

Os trabalhos de drenagem também serão apresentados. Atualmente, estão em operação na Avenida Getúlio Vargas (Bairro Novo / Casa Caiada), Avenida Marcos Freire (Bairro Novo), rua Lápis Lazuli (Jardim Atlântico), rua Recife (Jardim Brasil II) e rua das Pedreiras (Sapucaia).

Para essas operações, a Prefeitura de Olinda colocou em campo mais de 100 profissionais, entre operadores, fiscais, supervisores, engenheiros e operadores de máquinas.

Ao mesmo tempo, a Defesa Civil conta com equipes no trabalho de monitoramento e prevenção das principais áreas de risco de Olinda, instalando e trocando as lonas de proteção, além dos trabalhos de corte de vegetação e reforço nas contenções.

Compromisso

O prefeito de Olinda, professor Lupércio, se comprometeu a finalizar o processo de desinstitucionalização de usuários de saúde mental do Hospital Psiquiátrico Comunidade Terapêutica de Olinda – CTO para serviços residenciais terapêuticos a serem instalados pelo próprio município, contando com o suporte de um Centro de Apoio Psicossocial 24 Horas (CAPS 24 Horas).

Esse foi o resultado do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado pelo gestor da cidade, perante o Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

A iniciativa do MPPE segue as diretrizes da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), dentre as quais se destacam o respeito aos direitos humanos, garantindo a autonomia e a liberdade das pessoas; a atenção humanizada e centrada nas necessidades das pessoas; a ênfase em serviços de base territorial e comunitária, com participação e controle social dos usuários e de seus familiares.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura de Olinda 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal