Denúncia

Dezenove respiradores escondidos em parede falsa de hospital são encontrados em vistoria

Unidade de saúde é referência no tratamento da Covid-19. Equipamentos estavam guardados em auditório do prédio e foram descobertos durante o processo de troca de gestão.

Dezenove respiradores novos foram encontrados no Hospital Abelardo Santos escondidos em uma parede falsa na unidade de saúde que é referência no atendimento de pacientes com Covid-19. Os equipamentos estavam guardados no auditório do prédio. A descoberta aconteceu durante o processo de troca de gestão da Organização Social de Saúde (OSS) Santa Casa de Misericórdia de Pacaembu, que administrava o hospital, no dia 22 de março.

O caso aconteceu no estado do Pará, região Norte do Brasil. De acordo com informações, foi preciso quebrar a parede para ter acesso aos respiradores. Esses equipamentos são importantes para pacientes que precisam de uma atenção maior por conta da doença que afeta o Brasil desde 2020.

Sobre o caso da parede falsa, a Secretaria de Saúde do Pará negou a informação e disse que os equipamentos já estão sendo utilizados pelos pacientes. O Governo do Estado afirmou que uma comissão interna investigará o caso na unidade de saúde.

Doação no DF

Respiradores doados à Secretaria de Saúde do Distrito Federal foram doados por duas empresas chinesas. Segundo a pasta, os equipamentos serão destinados ao atendimento a pacientes com a covid-19 internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) de estabelecimentos públicos de saúde.Respiradores, Respiradores doados pelos donos do TikTok chegam ao DFRespiradores, Respiradores doados pelos donos do TikTok chegam ao DF

Em nota, a secretaria garantiu que os 100 ventiladores pulmonares serão distribuídos, instalados e começarão a funcionar até a próxima segunda-feira (29). Doados pelas companhias chinesas Beijing Bytedance (dona, dentre outras, da plataforma Tik Tok) e Alibaba, os aparelhos, após terem sido entregues no Aeroporto Internacional de Guarulhos, foram transportados até Brasília, gratuitamente, em um voo de carga da Latam, pois devido às baterias de litium, não poderiam ser transportados em voos comerciais.

governador Ibaneis Rocha usou sua conta pessoal nas redes sociais para agradecer às empresas e à Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores, por auxiliar na resolução dos trâmites burocráticos. Destacando a importância dos equipamentos para a abertura de novos leitos hospitalares, o governador lembrou a campanha de arrecadação de fundos que o governo do Distrito Federal vem promovendo junto a empresários locais a fim de reunir recursos extras para a construção de hospitais.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal