Comemoração

No Cabo, Biblioteca Municipal Joaquim Nabuco completa 80 anos neste sábado (17)

A instituição integra o Sistema de Bibliotecas Públicas do Estado (SBPE), que tem como objetivo a integração, planejamento e execução de atividades compartilhadas.

A Biblioteca Municipal Joaquim Nabuco, no Cabo de Santo Agostinho, completa neste sábado (17) 80 anos de sua fundação. A instituição foi criada no dia 17 de abril de 1941, pelo prefeito  Emanuel Clementino Cavalcanti de Albuquerque, através do Decreto Lei nº 08, e é uma das mais antigas bibliotecas do Estado e do país em atividade.

A instituição integra o Sistema de Bibliotecas Públicas do Estado (SBPE), que tem como objetivo a integração, planejamento e execução de atividades compartilhadas. O local, na década de 50, sediou o Grêmio Literário Cabense, que reunia escritores, professores, poetas e intelectuais da cidade. Tornou-se uma das mais importantes agremiações culturais da região.

Em 2018, a Biblioteca Municipal Joaquim Nabuco foi indicada pelo Sistema de Bibliotecas Públicas do Estado para participar do projeto “Tô na Rede”, de âmbito nacional, patrocinado pela Fundação Bill e Melinda Gates, foi escolhida como uma das cinco mais atuantes bibliotecas públicas de Pernambuco.

Ver mais:

>> Prefeitura do Cabo recebe primeiro dos seis ônibus escolares que serão entregues em abril

O secretário municipal de Educação, Heberte Gomes, comenta sobre a importância do equipamento para o Cabo de Santo Agostinho.

“É um espaço de encontros, conhecimentos e viagens no mundo da literatura. Nossa biblioteca ajudou na formação de muitos cabenses e ajuda bastante no estímulo e ao gosto pela leitura entre nossos jovens”.

O coordenador interino da Biblioteca Municipal Joaquim Nabuco, Natanael Lima Junior, afirma que as bibliotecas estão se reconfigurando com o passar dos tempos. Ele vê que existem diversos projetos para tornar a instituição ainda mais acessível.

“Ela é uma importante armazenadora e espaço cultural. Temos diversas propostas para implementar em 2021, como a biblioteca móvel itinerante, roda de leituras, jornada de contadores de histórias, bate-papo com escritor, minicursos de inclusão digital e muitos outros. Tudo para incentivar a leitura e aproximar a biblioteca do cidadão”.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal