Reação

Gesseiro quebra teto de hospital e cobra prefeito de Paudalho por não pagar serviço

Caso aconteceu na unidade de saúde da prefeitura que fica localizada no bairro de Santa Teresa. O local passa por reformas para receber novos leitos de tratamento para pacientes com a Covid-19.

Na última terça-feira, 13 de abril, um homem quebrou forros de gesso no teto das novas instalações do Hospital Municipal de Paudalho, na Zona da Mata do Estado. O gesseiro, que não teve o nome e nem a idade revelados reclamou que fez o trabalho na unidade de saúde, mas, não tinha recebido o pagamento do serviço. Em um momento da gravação, o cidadão desabafa dizendo que “a gente é pai de família, não é ladrão”.

Veja o vídeo:

A unidade de saúde da prefeitura fica localizada no bairro de Santa Teresa, na comunidade que é conhecida como Alto do Hospital. O local passa por reformas para receber novos leitos de tratamento para à Covid-19. Revoltado pelo não recebimento do salário, ele pegou uma pá e quebrou a estrutura de gesso de, pelo menos, três áreas da unidade de saúde.

Leia também:
>>>Outdoor de apoio a Bolsonaro é alvo de vandalismo em Carpina-PE

De acordo com o G1 Pernambuco, a Prefeitura de Paudalho disse que o homem trabalha para uma empresa terceirizada responsável pela obra e não faz parte do quadro de funcionários do município. Em nota, a gestão municipal disse ter feito, em 8 de abril, um pagamento no valor de R$ 19.206,39 para a empresa, quitando todas as pendências existentes.

A prefeitura também informou que a obra foi retomada e a parte danificada foi refeita. “O coordenador de Manutenção de Patrimônio da cidade, Cristóvão Filho, acompanhou um representante da empresa até uma delegacia onde foi registrada um queixa contra o responsável que aparece no vídeo”, declarou.

Em nota, a empresa Guedes Engenharia declarou que que houve um pequeno atraso entre a empresa e o contratado para execução do serviço que, segundo ela, já foi solucionado. A empresa também afirmou que o dano ao gesso foi totalmente refeito ,sem nenhum custo adicional ao município.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal