Imunização

PE inicia campanha de vacinação contra gripe influenza nesta segunda-feira (12); confira quem pode ser imunizado

Ação no Estado segue até julho de 2021 e será dividida em três etapas.

Nesta segunda-feira (12/04), começa a campanha de vacinação contra a influenza em PE. Cerca de 3,5 milhões de pessoas deverão ser vacinadas. A campanha, que segue até julho de 2021, será dividida em três etapas. Neste primeiro momento, que segue até 10 de maio, serão priorizadas crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, puérperas e população indígena de 6 meses a 8 anos. As 338.400 doses do imunizante encaminhadas pelo Ministério da Saúde já foram distribuído a todas as 12 Gerências Regionais de Saúde.

O Governo de PE, por sua vez, já encaminhou mais de 4 milhões de seringas e agulhas para a operacionalização de toda a campanha. É fundamental que pais e responsáveis não deixem de levar as crianças ao posto de vacinação. A vacina contra a influenza protege contra três cepas do vírus: A (H1N1), A (H3N2) e B. Seu objetivo é evitar complicações decorrentes desses vírus, além de diminuir a circulação viral. A expectativa do governo PE é proteger, no mínimo, 90% do público prioritário.

Leia também:
>>>Paulista dá início à vacinação contra H1N1 para grupos prioritários nesta segunda (12)

No Brasil

Começa nesta segunda-feira (12) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe.A meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos prioritários. São quase 80 milhões de pessoas em todo país.

Devem tomar a vacina crianças com mais de 6 meses e menos de 6 anos de idade, gestantes, puérperas, população indígena, trabalhadores da saúde, pessoas com mais de 60 anos, professores, profissionais das forças de segurança, forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade, incluindo adolescentes e jovens que cumprem medidas socioeducativas.

As vacinas contra o vírus da gripe, o Influenza, estão sendo produzidas pelo Instituto Butantan.

O Instituto recomenda que as pessoas que fazem parte do grupo prioritário para a vacinação contra a gripe e que ainda não foram vacinadas contra o coronavírus devem dar prioridade à dose contra a covid-19 e agendar a vacina contra a Influenza.

Além disso, deve ser respeitado um intervalo mínimo de 14 dias entre as duas vacinas. Quem tomar primeiro a da Influenza tem que esperar 15 dias para tomar a da covid-19. Se tomou a da covid-19, precisa esperar 15 dias para a da gripe.

Além de prevenir casos graves de gripe, a imunização também ajuda a reduzir os sintomas que podem ser confundidos com os da covid.

A vacinação contra o vírus Influenza vai até o dia 9 de julho.

Agência Brasil

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal