Confusão

Vídeo: Com empurrões de Coronel, deputado é impedido de acompanhar vacinação em PMs

O fato ocorreu na manhã desta quinta-feira (8) no 6º batalhão de Polícia Militar em Jaboatão dos Guararapes.

Na manhã desta quinta–feira (8), quando em visita aos batalhões, o deputado estadual Joel da Harpa (PP) foi até a unidade do 6° batalhão de Polícia Militar de Jaboatão dos Guararapes, para acompanhar a vacinação dos agentes de segurança pública de Pernambuco.

Joel gravava um vídeo mostrando o momento quando foi surpreendido pelo Comandante Coronel Tavares.

“O oficial no pátio do quartel, em frente aos militares presentes me disse que eu não poderia entrar no quartel, nem tirar foto de minha visita, eu falei para ele que sou deputado e estava fiscalizando o Poder Executivo. O mesmo coronel continuou a impedir minha entrada e não respeitou a minha prerrogativa de deputado e de fiscalizador do Poder Executivo”, relata Joel.

O deputado informou que prestou queixa do comandante na Corregedoria e a será tomada as medidas cabíveis. Como também será feito por parte do parlamentar, através da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), para que seja aberto um processo administrativo contra o oficial pela atitude tomada contra o deputado.

 
Ver mais: 

>> Polícia Militar de Pernambuco começa a vacinar tropa contra Covid-19

O que diz a PMPE

A Polícia Militar informa que, na manhã desta quinta-feira (08/04), o deputado Joel da Harpa, sem utilização de máscara para prevenção à transmissão de COVID-19, tentou entrar na sala de vacinação instalada na sede do 6º Batalhão, em Prazeres, e foi impedido em respeito à normas sanitárias.

Sem comunicação prévia e sem utilizar máscara, o deputado chegou à unidade militar e foi permitido seu acesso à área externa e algumas dependências do batalhão, onde pode realizar filmagens. No entanto, o parlamentar quis entrar na sala onde estava ocorrendo a vacinação dos militares contra o Covid-19, que estava com acesso permitido apenas para o pessoal que iria tomar a vacina e os técnicos responsáveis pela aplicação do referido imunizante, de modo a evitar aglomerações ou tumultos, além da exigência de equipamento de proteção individual. Tudo em conformidade com o que prevê o Decreto governamental acerca das medidas restritivas, em nosso Estado, em vigor.

Mas, após os ânimos se exaltarem, tudo foi esclarecido entre as partes. O primeiro dia de vacinação da PMPE foi um sucesso com mais de 300 imunizações e o processo vai continuar amanhã (09/04), de forma descentralizada, com postos no 6º BPM (Jaboatão), BPtran (Recife) e 1º BPM (Olinda), tudo visando dar  mais segurança e tranquilidade ao trabalho de homens e mulheres que estão na linha de frente da segurança pública e no cumprimento das normas de combate à pandemia.

Vacinação 

A Polícia Militar de Pernambuco começa a vacinar sua tropa nesta quinta-feira, 8 de abril, após o lançamento oficial da campanha de vacinação das forças de segurança do Estado que contou com a presença do governador Paulo Câmara, do secretário Estadual de Saúde, Dr. André Longo, do secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, do comandante geral da PMPE, coronel Vanildo Maranhão, entre outras autoridades, no auditório da Secretaria de Defesa Social (SDS), no bairro de Santo Amaro, na última terça-feira, 6 de abril.

Nesta primeira etapa, serão priorizados os profissionais empregados diretamente nas operações de Policiamento Ostensivo Geral, com o  critério de idade e comorbidades, obedecendo ainda as demais recomendações do Programa Nacional de Imunização (PNI), conforme Nota Técnica 297 do Ministério da Saúde.

Postos de vacinação foram instalados no 1º BPM (Olinda), 6º BPM (Jaboatão dos Guararapes) e 1 BPTran (Recife).

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal