Decisão

STF forma maioria e estados podem vetar cultos e missas presenciais durante pandemia

Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Roberto Barroso, Rosa Weber e Cármen Lúcia acompanharam Gilmar e formaram maioria contra as celebrações religiosas presenciais: 6 x 2.

Por - Publicado em 8 abr de 2021, às 19:11 - Atualizado em 8 abr de 2021, às 19:11
STF forma maioria e estados podem vetar cultos e missas presenciais durante pandemia
Membros do Supremo Tribunal Federal (STF). Foto: Reprodução.