Possibilidade

Joaquim Barbosa cogita apoiar Lula para tirar Bolsonaro da presidência em 2022

O ex-ministro do STF tem sido um crítico ferrenho do atual governo.

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa se aposentou do STF em 2014 e entrou de vez no mundo político. Segundo o site Uol, a prioridade de Barbosa é tirar o presidente Jair Bolsonaro do poder em 2022.

Filiado ao PSB desde 2018, ano em que cogitou sair candidato à presidência, o ex-ministro agora articula nos bastidores seu apoio para a disputa de 2022.

Barbosa tem sido um crítico ferrenho do atual governo. O jurista avalia apresentar seu nome para fortalecer a esquerda e derrubar o atual presidente nas urnas. Para isso, ele não descarta apoiar Lula, mesmo avaliando que dificilmente o petista será candidato.

Ver mais:

>> Mandetta critica Bolsonaro e admite possibilidade de concorrer a Presidente em 2022

>> Lula e Bolsonaro empatam tecnicamente no 1º turno das eleições de 2022; petista vence no 2º turno

Quanto a possibilidade de Joaquim Barbosa se candidatar, está fora dos planos, porém não é algo descartado. Uma decisão, porém, já foi tomada Barbosa só entrará no campo político se for cabeça de chapa, caso se for para ser vice, ele não vai aceitar

Barbosa foi o primeiro negro a ocupar uma cadeira no STF, indicado em 2003 pelo próprio Lula.

Procurador do Ministério Público Federal entre 1984 e 2003, o ex-ministro foi relator do caso conhecido como “mensalão” no STF e se aposentou em julho de 2014, aos 59 anos.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal