Posicionamento

Após Bolsonaro criticar Paulo Câmara, governadores do Nordeste manifestam apoio ao gestor de PE

Rui Costa (PT), Flávio Dino (PCdoB) e Wellington Dias (PT) realizaram declarações nas redes sociais criticando a postura do chefe da nação brasileira no dia de Páscoa.

Após o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, publicar um Twitter respondendo um vídeo que o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, publicou em sua conta pessoal, em que o apresentador Sikêra Jr. informa que foram repassados pela União R$ 42,7 bilhões para Pernambuco no combate a pandemia, governadores de outros estados do Nordeste, manifestaram apoio ao socialista, em resposta ao episódio. De acordo com os gestores, o vídeo que o presidente publicou contém informações falsas.

O presidente do Consórcio Nordeste e governador do Piauí, Wellington Dias (PT), disse que Paulo Câmara foi alvo de infromações mentirosas e manifestou solidiariedade ao socialista pernambucano.

“Minha solidariedade ao governador de Pernambuco, @PauloCamara40, que no dia em que comemoramos a ascensão de Cristo, a grande vitória para o povo Cristão, foi alvo de fake news, de mentira mesmo”, disse.

Já o governador da Bahia, Ruí Costa (PT), em sua manifestação afirmou que os gestores estaduais vão continuar unidos, trabalhando de forma incansável pela vacina com o obejtivo de salvar vidas.

“Minha solidariedade ao governador de Pernambuco, @PauloCamara40, que em pleno domingo de Páscoa virou alvo do ódio e da politicagem daquele que deveria trabalhar para salvar vidas. Esses ataques covardes não vão nos desanimar”, afirmou Rui Costa.

No mesmo contexto, o governador do Maranhão, Flávio Dino, disparou em uma publicação que o domingo de Páscoa começou com a ploriferação de mentiras contra governadores.

“Deplorável. Lembrei-me da Bíblia, Livro do Apocalipse: “À besta foi dada uma boca para falar palavras arrogantes e blasfemas e lhe foi dada autoridade para agir durante quarenta e dois meses.”, declarou.

Entenda o caso

Após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) publicar neste domingo de Páscoa, 4 de abril, um vídeo no Twitter com trecho do programa de Tv Alerta Amazonas em que o apresentador Sikêra Jr. informa que foram repassados pela União R$ 42,7 bilhões para Pernambuco no combate a pandemia, o governador Paulo Câmara (PSB), reagiu através da mesma rede social também neste domingo (4).

O socialista disse não acreditar que em pleno domingo de Páscoa, se depara com novas atitudes lamentáveis do presidente e indagou por qual motivo não deixa de espalhar fake news e assume as obrigações de chefe do Executivo do país no enfrentamento à pandemia?

 

Leia também:
>>> Bolsonaro acusa governadores de usarem verba contra Covid-19 para botar contas em dia; mais de R$ 500 bilhões já foi repassado

Difícil acreditar que em um dia como hoje, domingo de Páscoa, sejamos obrigados a nos deparar com novas atitudes lamentáveis do Presidente da República. Em lugar de disseminar fakenews, por que não assumir suas verdadeiras atribuições e fazer parte do enfrentamento à pandemia?
Sikêra Jr. que é bolsonarista publicamente declarado passou a exibir valores referentes às verbas repassadas pelo governo federal aos estados destinadas ao combate da pandemia do novo coronavírus, e ao mostrar no telão as cifras referente a Pernambuco, alegou que não estavam sendo utilizadas da forma correta pela gestão estadual.
“Paulo Câmara, esse dinheiro não é teu, é pra salvar vidas. (…) Senhores governadores, criem vergonha na cara. Digam ao seu povo quanto vocês receberam para cuidar das vidas, e não tomar essas vidas, não matar as pessoas”, disse Sikêra Jr.

Bolsonaro cita na postagem o versículo bíblico João 8:32 que diz “e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”.

 

Na publicação seguinte, Paulo Câmara não poupa as palavras e declara que o Brasil vai superar a pandemia, apesar das fake news, negacionismo e egoísmo de quem se dedica a desagregar e dividir.

O Brasil vai vencer esta guerra, com ação e esperança, como vemos em tantas cidades e estados, onde governantes fazem o que precisa ser feito. O Brasil vai superar a pandemia, apesar de negacionismo, egoísmo, fakenews, de quem se dedica a desagregar e dividir.

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal