Protegido

Fernando Bezerra Coelho recebe a primeira dose da vacina contra Covid

Senador recebeu a vacina Coronavac, cuja segunda dose será aplicada em 21 dias.

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), recebeu a primeira dose da vacina contra Covid-19. A imunização ocorreu pelo sistema drive-thru em Petrolina (PE), que realizou neste sábado (3) a vacinação de pessoas com 63 anos.

Fernando, Fernando Bezerra Coelho recebe a primeira dose da vacina contra Covid
Senador com cartão de vacinação. Foto: Divulgação

Fernando Bezerra recebeu a primeira dose da Coronavac, cuja segunda dose será aplicada em 21 dias.

“Cada dose aplicada é um passo que damos para vencer a guerra contra a pandemia. Com o ritmo de imunização ganhando velocidade em todo o país, milhões de brasileiros também estarão protegidos nos próximos meses”, disse o senador.

Leia também:
>>>Fernando Bezerra Coelho se reúne com prefeitos eleitos em Pernambuco

“Agradeço à equipe da Prefeitura de Petrolina e aos profissionais de saúde que estão levando esperança aos grupos prioritários.”

Cerca de 40 mil doses já foram aplicadas em Petrolina, cidade que mais vacina no interior de Pernambuco.

Da redação do Portal com informações da assessoria de Fernando Bezerra Coelho 

Declaração

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, participou, na quarta-feira, 31 de março, da primeira reunião do Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento da Pandemia da Covid-19, com o presidente da República, Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, o presidente da Câmara, Arthur Lira, e demais autoridades.

“Essa reunião é a materialização da harmonia entre os poderes como uma ferramenta para enfrentamento à pandemia”, disse Queiroga em pronunciamento no Palácio do Planalto, ao lado de Pacheco e Lira. 

O ministro destacou o esforço do Congresso Nacional na aprovação de medidas para reforçar a campanha de vacinação no país e a assistência no Sistema Único de Saúde (SUS).

“Essas iniciativas se somam a outras já em andamento. O objetivo é reduzir o número de casos que pressionam o sistema público de saúde. A campanha de vacinação ampla e ágil é o passaporte para o fim da pandemia. Esse é o esforço que temos feito”, ressaltou o ministro, relembrando que o Brasil já tem mais de 562 milhões doses de vacinas covid-19 contratadas para 2021. 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal