Encontro

Em visita à comunidade carente, Bolsonaro toma sopão e fala contra o “fecha tudo”

O ministro da Defesa, Walter Braga Netto, visitou a comunidade com Bolsonaro. Ambos tomaram a sopa preparada pela associação cristã.

O presidente Jair Bolsonaro visitou neste sábado (3) a Associação Beneficente Cristã Casa de Maria Beth Myriam, no Itapoã, região administrativa do Distrito Federal.

“Estou aqui na comunidade Itapõa I, conversando com a população. Parei aqui na Casa de Maria Beth Myriam, conversando com as senhoras que estão fazendo um sopão e que distribuem para a população. Elas têm me dito que é impressionante o número de crianças que vêm receber sopa aqui. No passado, era uma média de 40 pessoas diariamente e vem crescendo na pandemia, em torno de 130 pessoas vêm receber a sopa”, disse em transmissão ao vivo feita em sua página no Facebook.

Ver mais:

>> Bolsonaro diz que não vê “problema nenhum” em se vacinar contra Covid

“Cada vez mais, com mais desemprego da política do fecha tudo e fique em casa, mais gente está comendo menos, alguns passando necessidade seríssima. Temos que vencer isso aí”.

Bolsonaro, desde o início da pandemia, tem sido crítico constante do fechamento do comércio e dos negócios em geral como forma de prevenir a propagação do vírus. Ele destaca o impacto que essas medidas trazem à Economia. Em 2020, por exemplo, o PIB brasileiro caiu 4,1%.

Ex-ministro da Casa Civil, Braga Netto assumiu como titular do Ministério da Defesa na reforma ministerial feita pelo presidente Jair Bolsonaro na segunda-feira (29). O presidente comentou a troca no comando da pasta na sexta-feira.

Na transmissão feita neste sábado, Bolsonaro disse que as Forças Armadas estão dispostas a colaborar na vacinação contra a covid-19.

“Conversei hoje com o ministro da Saúde e o ministro da Defesa”, disse o presidente.

O presidente afirma que a situação econômica deficitária dessas regiões é resultado direto das políticas adotas por governadores e prefeitos que buscam conter o alastramento da pandemia de covid-19.

“O vírus o pessoal sabe que estamos combatendo com vacinações, apoiamos medidas protetivas, mas tudo tem um limite”, disse Bolsonaro neste sábado, no Itapoã. “A guerra da minha parte não é politica, é uma guerra que tem a ver com futuro de uma nação”, declarou.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal