Fake News

Vítima de fake news, Mendonça diz que nunca defendeu privilégio na vacinação para o público LGBTI ou qualquer segmento

Segundo Mendonça, os dados do site criado para espalhar fake news contra ele já estão com a sua assessoria jurídica. "Fake news é crime.

O ex-ministro Mendonça Filho acionou o jurídico para adotar as providências cabíveis para punir autores de fake news envolvendo o seu nome. “Nunca defendi privilégio de vacinação. Portanto, é mentira a informação de que defendi prioridade na vacinação para o público LGBTI ou qualquer outro segmento da sociedade”, afirmou Mendonça, ressaltando que é defensor do plano nacional de vacinação.

Segundo Mendonça, os dados do site criado para espalhar fake news contra ele já estão com a sua assessoria jurídica. “Fake news é crime. E vamos usar a lei para combater mentiras, como fizemos em outras vezes que fui vítima de mentiras, afirmou.

O ex-ministro lembrou que tem atuado nesta pandemia para ajudar prefeituras na liberação de respiradores pulmonares, junto ao Governo Federal, conseguido doação de cestas básicas e cobrado do Governo estadual e da Prefeitura do Recife ações ações efetivas para apoiar os micros e pequenos empreendedores.

//www.24hnoticias.com/60663670e5110/mendonca-filho-pede-prioridade-na-vacinacao-para-o-publico-lgbt.html

Mendonça, Vítima de fake news, Mendonça diz que nunca defendeu privilégio na vacinação para o público LGBTI ou qualquer segmento
Foto: Reprodução da Publicação

Leia Também: Mendonça Filho discute projetos para campi do Cabo e Belo Jardim com reitor da UFRPE

>>> Governo libera lista de consulta do auxílio emergencial; veja se você vai receber o benefício

Consulta ao Auxílio Emergencial 

O governo liberou a consulta para que trabalhadores saibam se foram incluídos no auxílio emergencial 2021 a partir de hoje, 2 de abril. Inicialmente prometida para ontem (1º), a consulta teve de ser adiada “em função da necessidade de alinhamento dos canais de atendimento dos três órgãos diretamente envolvidos no programa – o Ministério da Cidadania, a Dataprev e a Caixa”, explicou a Dataprev, em nota.Governo, Governo libera lista de consulta do auxílio emergencial; veja se você vai receber o benefício

Leia também:
>>> Caixa explica como será pagamento do novo auxílio emergencial

Consulta

A consulta poderá ser feita pelo Portal de Consultas da Dataprev. Para isso, o cidadão deverá informar CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.

Quem já recebe o Bolsa Família e inscritos no CadÚnico não estarão na lista da Dataprev já que, nesses casos, as parcelas serão depositadas automaticamente – desde que o beneficiário se encaixe nos critérios de elegibilidade do auxílio.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal