Roma

Papa encontra pessoas carentes, sem teto e em dificuldades que recebem vacina no Vaticano

Francisco cumprimentou os médicos e enfermeiras, acompanhou o procedimento de preparação das doses de vacina e falou com os que aguardavam na fila a vacinação.

O papa Francisco foi hoje (2) de manhã ao átrio da Sala Paulo VI para encontrar alguns sem-teto e pessoas em dificuldades enquanto eram feitas vacinações contra a covid-19. A informação é da assessoria de imprensa da Santa Sé.Papa, Papa encontra pessoas carentes, sem teto e em dificuldades que recebem vacina no VaticanoPapa, Papa encontra pessoas carentes, sem teto e em dificuldades que recebem vacina no Vaticano

Segundo o comunicado da Sala de Imprensa, “nesta manhã, Sexta-Feira Santa, 2 de abril, pouco antes das 10h, o papa Francisco dirigiu-se ao átrio da Sala Paulo VI, enquanto eram vacinados alguns sem-teto e pessoas em dificuldade, acolhidos e acompanhados por associações romanas.

Leia também:
>>> Papa Francisco corta salários de cardeais e clérigos por causa da Covid-19

O papa cumprimentou os médicos e enfermeiras, acompanhou o procedimento de preparação das doses de vacina e falou com as pessoas que aguardavam na fila a vacinação. Até o momento, das 1.200 pessoas carentes que receberão a vacina nesta semana, cerca de 800 já receberam a primeira dose.

Papa faz visita durante Pandemia

Em plena pandemia do novo coronavírus, o Papa Francisco chegou ao Iraque no final da manhã do dia 5 de março. O voo AZ 4000 da Alitália aterrissou no Aeroporto Internacional de Bagdá pouco antes das 12 horas, horário local.

O chefe do protocolo no Iraque subiu as escadas dianteiras do avião para saudar o Papa, antes de descer e ser recebido na pista pelo primeiro ministro Mustafa Abdellatif Mshatat, conhecido como Al-Kadhimi, e pelo Sr. Rahman Farhan Abdullah Al-Ameri, embaixador extraordinário e plenipotenciário do Iraque junto à Santa Sé, além de outras autoridades civis e religiosas. Duas crianças em vestes tradicionais ofereceram flores amarelas ao Papa, que durante todo o tempo usou máscara protetora. Na acolhida oficial não foram proferidos discursos.

Salário de cardeais

O santo padre determinou que os cardeais tenham um corte de 10% em seus salários e reduziu o salário de outros clérigos que trabalham no Vaticano para salvar o emprego dos funcionários, uma vez que a pandemia do coronavírus tem afetado a renda da Santa Sé.Papa, Papa Francisco corta salários de cardeais e clérigos por causa da Covid-19Papa, Papa Francisco corta salários de cardeais e clérigos por causa da Covid-19

Um porta-voz afirmou que os funcionários de nível inferior não seriam afetados pelos cortes. Francisco sempre insistiu que não deseja demitir pessoas.

Acredita-se que os cardeais que trabalham no Vaticano e lá vivem, ou em Roma, recebem salários de cerca de 4 mil a 5 mil euros por mês, e muitos deles moram em grandes apartamentos com aluguéis bem abaixo dos valores de mercado.

Da redação do Portal com informações da agência Vatican News

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal