Roma

Papa encontra pessoas carentes, sem teto e em dificuldades que recebem vacina no Vaticano

Francisco cumprimentou os médicos e enfermeiras, acompanhou o procedimento de preparação das doses de vacina e falou com os que aguardavam na fila a vacinação.

O papa Francisco foi hoje (2) de manhã ao átrio da Sala Paulo VI para encontrar alguns sem-teto e pessoas em dificuldades enquanto eram feitas vacinações contra a covid-19. A informação é da assessoria de imprensa da Santa Sé.Papa, Papa encontra pessoas carentes, sem teto e em dificuldades que recebem vacina no VaticanoPapa, Papa encontra pessoas carentes, sem teto e em dificuldades que recebem vacina no Vaticano

Segundo o comunicado da Sala de Imprensa, “nesta manhã, Sexta-Feira Santa, 2 de abril, pouco antes das 10h, o papa Francisco dirigiu-se ao átrio da Sala Paulo VI, enquanto eram vacinados alguns sem-teto e pessoas em dificuldade, acolhidos e acompanhados por associações romanas.

Leia também:
>>> Papa Francisco corta salários de cardeais e clérigos por causa da Covid-19

O papa cumprimentou os médicos e enfermeiras, acompanhou o procedimento de preparação das doses de vacina e falou com as pessoas que aguardavam na fila a vacinação. Até o momento, das 1.200 pessoas carentes que receberão a vacina nesta semana, cerca de 800 já receberam a primeira dose.

Papa faz visita durante Pandemia

Em plena pandemia do novo coronavírus, o Papa Francisco chegou ao Iraque no final da manhã do dia 5 de março. O voo AZ 4000 da Alitália aterrissou no Aeroporto Internacional de Bagdá pouco antes das 12 horas, horário local.

O chefe do protocolo no Iraque subiu as escadas dianteiras do avião para saudar o Papa, antes de descer e ser recebido na pista pelo primeiro ministro Mustafa Abdellatif Mshatat, conhecido como Al-Kadhimi, e pelo Sr. Rahman Farhan Abdullah Al-Ameri, embaixador extraordinário e plenipotenciário do Iraque junto à Santa Sé, além de outras autoridades civis e religiosas. Duas crianças em vestes tradicionais ofereceram flores amarelas ao Papa, que durante todo o tempo usou máscara protetora. Na acolhida oficial não foram proferidos discursos.

Salário de cardeais

O santo padre determinou que os cardeais tenham um corte de 10% em seus salários e reduziu o salário de outros clérigos que trabalham no Vaticano para salvar o emprego dos funcionários, uma vez que a pandemia do coronavírus tem afetado a renda da Santa Sé.Papa, Papa Francisco corta salários de cardeais e clérigos por causa da Covid-19Papa, Papa Francisco corta salários de cardeais e clérigos por causa da Covid-19

Um porta-voz afirmou que os funcionários de nível inferior não seriam afetados pelos cortes. Francisco sempre insistiu que não deseja demitir pessoas.

Acredita-se que os cardeais que trabalham no Vaticano e lá vivem, ou em Roma, recebem salários de cerca de 4 mil a 5 mil euros por mês, e muitos deles moram em grandes apartamentos com aluguéis bem abaixo dos valores de mercado.

Da redação do Portal com informações da agência Vatican News

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal