Pedido

Sikêra faz apelo ao presidente para ajudar trabalhadores: “Bolsonaro, faz alguma coisa”

Comunicador aproveitou para dizer que a paciência da população esgotou e que “o povo pobre está acuado” por não poder trabalhar.

Durante a edição do programa Alerta Nacional desta segunda-feira, 29 de março, o apresentador Sikêra Júnior fez um apelo a presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Durante o seu horário de programa na Rede TV, o comunicador pediu para que Bolsonaro faça alguma coisa pelos trabalhadores que não estão podendo atuar.

“Bolsonaro, faz alguma coisa, rapaz. Eu estou caindo fora. Eu sou teu defensor, eu boto minha cara a tapa aqui, tu não sabe o quanto eu pago por isso. Presidente, tá na hora, presidente! O senhor está com o poder na mão. Pelo amor de Deus faz jus a cada voto que o senhor recebeu, a confiança, tudo quanto é credibilidade que o povo te deu o senhor sabe o que é isso”, expressou.

As declarações do apresentador não pararam por aí. Durante o programa, Sikêra disse que estão fazendo graça com o presidente. O comunicador aproveitou para dizer que a paciência da população esgotou e que “o povo pobre está acuado” por não poder trabalhar.

“Presidente, pelo amor de Deus olhe para o seu povo. Esgotou a paciência de todo mundo, presidente. Esgotou! Esgotou, não tem para onde correr. O povo pobre está acuado, com medo de botar uma banca de laranja na porta de casa. O povo está com medo de vender coxinha e o traficante está vendendo cocaína”, disparou.

Leia também:
>>>Sikêra Júnior é processado por difamação pelo PSOL

Opinião

O apresentador do Alerta Nacional da RedeTV!, Sikêra Junior, criticou o sancionamento da Lei Estadual da Visibilidade Lésbica que passa a ser comemorado anualmente em 29 de agosto, e foi sancionada pela governadora petista do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra.

O projeto é de autoria da deputada estadual Isolda Dantas (PT). A nova lei, que institui a data, foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (22).

“Art. 1º  Fica instituído, no Calendário Oficial do Estado do Rio Grande do Norte, o Dia Estadual da Visibilidade Lésbica, a ser celebrado, anualmente, no dia 29 de agosto.

Art. 2º  Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.”, diz a lei.

O apresentador questionou se o sancionamento da Lei da Visibilidade Lésbica é “falta do que fazer?” por parte da governadora e perguntou se ela havia pago os atrasados. Segundo Sikera, a governadora quer “desmilitarizar”.

“Ela quer desmilitarizar, querendo transformar a Polícia em Guarda Municipal. Para aumentar a violência, né? Eu acho que é isso”, ironizou o apresentador.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal