Reivindicação

Dentistas acionam MPPE para garantir recebimento de vacina contra Covid-19 na cidade do Recife

Categoria obteve conquista de vacinação nas cidades de Igarassu, Vitória de Santo Antão, Petrolina, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Garanhuns, Caruaru dentre outros.

Dentistas acionou no último dia 19 de março, por meio do Conselho Regional de Odontologia, encaminhou ao Ministério Público de Pernambuco – MPPE, pedido de providências, ao procurador Paulo Augusto de Freitas Oliveira, para que o Plano Nacional de Imunização – PNI, contemple em sua integralidade, asseguradas doses dos imunizantes aos profissionais da Odontologia.

Leia também:
>>> Governo de Pernambuco distribui mais de 1,5 milhão de agulhas e seringas aos municípios

Acompanhe na íntegra a nota da categoria:

Ainda em dezembro de 2020, iniciamos trabalho junto às autoridades sanitárias de Pernambuco para que todos os profissionais da Odontologia fossem vacinados, indistintamente, contra a COVID-19, uma vez que são do grupo prioritário e, portanto, todos contemplados na primeira fase da imunização, conforme estabelecido no Plano Nacional de Imunização e, Plano de Operacionalização para Vacinação contra a Covid-19, divulgado pelo governo do estado de Pernambuco.

Obtivemos sucesso com a grande maioria dos municípios contatados, como: Igarassu, Vitória de Santo Antão, Petrolina, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Garanhuns, Caruaru dentre outros. Já no Recife não obtivemos o mesmo êxito.

Estivemos reunidos com a Secretária de Saúde da Cidade do Recife, Cirurgião-Dentista, Luciana Albuquerque, pessoalmente, na Prefeitura do Recife para ampliação da imunização, evidenciando todos os reconhecidos riscos laborais que milhares de profissionais estão submetidos, diariamente.

No entanto, lamentavelmente, embora todo o esforço e trabalho de interlocução do CRO-PE, na busca de sensibilização da autoridade sanitária, exclusivamente responsável pela imunização, até o momento, a Prefeitura da Cidade do Recife, negligencia os profissionais que, legitimamente pleiteiam direito necessário, sobretudo para continuidade segura de suas atividades profissionais.

“É inadmissível que os profissionais da Odontologia ainda não tenham sido vacinados em sua totalidade no Recife”, frisa o presidente do CRO-PE, Eduardo Vasconcelos.

Assim, no último dia (19/03), o Conselho Regional de Odontologia, ouvida a sua diretoria e os reclamos de toda a categoria, encaminhou ao Ministério Público de Pernambuco – MPPE, pedido de providências, ao procurador Paulo Augusto de Freitas Oliveira, para que o Plano Nacional de Imunização – PNI, seja contemplando em sua integralidade, asseguradas doses dos imunizantes aos profissionais da Odontologia.

Conselho Regional de Odontologia de Pernambuco – CRO-PE

Da redação do Portal com informações do CRO-PE

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal